Header Ads


Padre é acusado de abusar sexualmente de menino de 13 em Dona Inês; diocese emite nota e afasta sacerdote

O padre José Anselmo Soares de Sousa que presta serviços sacerdotais na paróquia São Sebastião-Santa Inês em Dona Inês, no Curimataú Oriental paraibano – está sendo acusado de abusar sexualmente de um acólito, menor de 13 anos de idade. As denúncias foram recebidas pelo Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente local que levou o caso ao conhecimento da Polícia Civil. A Diocese de Guarabira, através do bispo dom Francisco Dantas de Lucena, ao tomar ciência do fato emitiu uma nota de esclarecimento ao público, onde determinou a abertura de procedimento administrativo e afastamento do padre Anselmo de seus atos sacerdotais até que se termine as investigações contra o mesmo.

- Reafirmamos nosso compromisso de esclarecer minuciosamente todas as acusações e na hipótese dessas serem provadas, puniremos os culpados, obedecendo integralmente o que determina a legislação vigente – diz dom Lucena.

A mãe do menor concedeu entrevista à imprensa e reafirmou as acusações, segundo a mesma, o seu filho teria lhe confessado que vinha sendo abusado pelo padre há cerca de um ano.

Veja a íntegra da nota da diocese de Guarabira, onde afasta o padre Anselmo




Nenhum comentário