Sargento da PM morre em treinamento da corporação na Paraíba

- Sargento Joquim passou na corrida (Foto: Reprodução / WharsApp).  Um sargento da Guarda Militar da Reserva, de 55 anos, morreu na manh...

- Sargento Joquim passou na corrida (Foto: Reprodução / WharsApp). 
Um sargento da Guarda Militar da Reserva, de 55 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (29) durante um treinamento da corporação na Vila Olímpica Parayba, no bairro dos Estados, em João Pessoa. Antônio Joaquim da Silva passou mal durante uma corrida e teve um ataque fulminante. Os testes foram suspensos. Esse é o segundo policial que morre em treinamento na Paraíba.

De acordo com o major Anderson Pessoa, comandante da Casa Militar da Paraíba, o policial participava do treinamento do programa ‘Qualidade de Vida’, implementado para estimular a atividade física e prevenir a doenças, quando sofreu o ataque.

“Sargento Joaquim tinha índices excepcionais de atividade física. Gozava de uma excelente saúde. Todos os exames dele deram normais. Ele passou por vários exercícios físicos e não tinha apresentado problema”, explicou o major.

Na corrida, segundo o capitão Geraldo Marques, o policial apresentou os primeiros sintomas e foi socorrido às pressas por uma ambulância do Corpo de Bombeiros para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas ele não resistiu e morreu antes de receber os primeiros atendimentos médicos na unidade.

O comandante disse que o treinamento não visava a um resultado e tinha o objeto de avaliar o condicionamento físico dos policiais. O teste foi aplicado pelo Corpo de Bombeiros em parceria com a Casa Militar.

“Foi uma fatalidade. Estamos todos de luta pela perda do companheiro. Ele tinha a preparação física de uma atleta de 28 anos. Vamos dar total assistência à família do PM”, lamentou o major Anderson.

‘Qualidade de Vida’

O programa especial visa prevenir doenças através da atividade física. Os policiais da Guarda Militar da Reserva são submetidos a exames médicos anuais visando à identificação de possíveis enfermidades e prevenir eventuais problemas. “Duas vezes por ano os policiais são submetidos a exames completos. Nesse período já identificamos militares com hipertensão, diabetes, cardíacos e etc”, falou o major. (Com Portal Correio)

LEIA TAMBÉM

POLICIAL 966551108948522592

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item