Saúde de Guarabira inicia ação contra o mosquito aedes aegypti, o zika vírus e a sua relação com a microcefalia

M ovimento de alerta, orientação e prevenção s erá realizado e m praça pública, na próxima quarta (16).   A Secretaria de Saúde da Pr...

Movimento de alerta, orientação e prevenção será realizado em praça pública, na próxima quarta (16).

 A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Guarabira através da Coordenação de Atenção Básica em Saúde – iniciou um plano de ação emergencial contra o mosquito Aedes Aegypti, causador da Dengue, da Chikugunya e do já temível Zika Vírus. Este último que vem sendo o suspeito principal de ser o causador de uma epidemia de casos de microcefalia em gestantes ocorrida no Brasil, recentemente, inclusive na Região Nordeste, sendo a maioria em Pernambuco e na Paraíba.

Um encontro foi realizado na tarde desta quarta-feira (9/12) com médicos e enfermeiros, no auditório da SMS, onde na ocasião foi apresentado o Protocolo Para Investigação e Acompanhamento dos Casos de Microcefalia no Estado da Paraíba. Nesta quinta-feira, outro encontro, com o mesmo propósito, será direcionado aos agentes comunitários de saúde.

De acordo com a coordenadora de Atenção Básica Fernanda Macedo, na próxima quarta-feira (16), um movimento de alerta, orientação e prevenção contra o Aedes Aegypti, e de informações sobre o Zika relacionado com a microcefalia será realizado no calçadão da Avenida D. Pedro II, próximo ao girador central. Onde haverá panfletagens e falas de profissionais de saúde através de veículos de sonorização tratando sobre o assunto em questão, e declarando ‘guerra’ ao mosquito causador do Zika Vírus.

A Paraíba é o segundo Estado com maior caso de microcefalia notificado no país. Em Guarabira, conforme Fernanda Macedo, apenas um caso foi efetivado, porém após serem realizados os diagnósticos, se descobriu que a deformação não foi ocasionada pelo Zika.

A microcefalia é uma doença em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, influenciando o seu desenvolvimento mental. É grave, e não tem cura, e a criança que a possui pode precisar de cuidados por toda a vida, sendo dependente para comer, se mover e fazer outras necessidades. (da redação com PMG/Codecom)

LEIA TAMBÉM

SAÚDE 6459945736121383727

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailler

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item