“Não há o que se comemorar. Justiça tardia não é justiça. O povo da Paraíba foi roubado, as robustas provas da Calvário atestam isso”, diz Cássio sobre condenação de RC

Foto: Divulgação 
O ex- governador Cássio Cunha Lima se pronunciou na noite desta terça-feira, dia 10, sobre a condenação de Ricardo Coutinho, em julgamento no Tribunal Superior Eleitoral, por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014.

Ricardo Coutinho foi condenado por ter usado a máquina para se reeleger na campanha de 2014 quando enfrentou o então senador Cássio Cunha Lima.

No primeiro turno Cássio venceu as eleições, mas no segundo turno, com o uso da máquina, além de denúncias de uso de dinheiro de corrupção da saúde, reveladas na deflagração da Operação Calvário, Ricardo Coutinho venceu no segundo turno e completou 8 anos a frente do Governo da Paraíba.

Veja a nota divulgada pelo ex-governador :

Não há  o que se comemorar. Justiça tardia não é justiça.

O povo da Paraíba foi roubado,  as robustas provas da Operação Calvário atestam isso.

A eleição de 2014 foi roubada. O governo ilegítimo resultou na quadrilha desbaratada.

Espero que a Justiça Estadual e Federal não cometam o mesmo erro da Justiça Eleitoral que levou seis anos para constatar os gravíssimos crimes praticados pela quadrilha que ainda hoje comanda a Paraíba.

É tudo muito grave para continuar impune. Não é possível continuar fazendo de conta que foi tudo normal na eleição de 2018, como hoje se sabe que em 2014 não foi.

Que esse triste exemplo de impunidade não volte a se repetir e a Justiça aja de forma célere e julgue os criminosos que roubaram o povo da Paraíba.

Créditos: Blog do Marcelo José


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário