MDB/Cidadania: Coronel Alencar diz que não foi consultado: “Estou fora dessa aliança”

Coronel Alencar. Foto: Recorte / Facebook. 
Como acontece com diversos medicamentos, as reações adversas pós aliança MDB/Cidadania começaram a surgir. O diretor da II Ciretran de Guarabira, Coronel Alencar (Balai), disse na manhã desta segunda-feira (27) que não foi consultado pelo seu grupo, o Cidadania guarabirense, no tocante a união feita com MDB de Paulino. E demonstrando descontentamento disse, Balai, que está fora desta aliança, pois para o mesmo, tudo o que foi feito não valeu de nada. 

As declarações do ex-candidato a vice-prefeito e ex-candidato a deputado estadual, Coronel Alencar, foram repercutidas durante entrevista em que o mesmo concedeu ao Jornal da Manhã, apresentado por Levi Ramos e Cid Cordeiro, na Rádio Constelação FM de Guarabira.

"O nosso objetivo foi reeleger o ex-governador Ricardo Coutinho e eleger o governador João Azevedo e sair com candidatura própria a prefeito de Guarabira em 2020 e não fazer coligação com Paulino. Vinhamos com a política de ser Cidadania, com a linha de implantar o Cidadania, de repente tudo o que a gente fez não valeu de nada. Mas veio a ordem de cima para baixo. Aqui em Guarabira não houve nenhuma reunião nesse sentido. Ninguém foi consultado", destacou Alencar em trechos da sua explanação no programa.

Ele ainda ignorou a atitude do governador de ter indicado o nome do pré-candidato governista a vice e não a prefeito. Disse também que já sabe dos burburinhos de que estão indicando outra pessoa para o seu lugar na II Ciretran.

Durante a entrevista, Balai não tocou no assunto, mas informações extraoficiais dão conta que ele e o ex-diretor do Hospital Regional de Guarabira, Gilson Cândido, outro descontente com a aliança MDB/Cidadania, estariam de malas prontas para deixarem o seu grupo, desembarcarem no ninho tucano e formalizarem apoio ao pré-projeto de reeleição do prefeito Marcus Diogo.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário