Guarabira: prefeitura vai lançar dez projetos de premiação e de estimulo à produção cultural

O prefeito de Guarabira, Marcus Diogo, esteve reunido recentemente com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Tarcísio Pereira, a fim de traçar o planejamento das ações e definir o programa de emergência cultural a ser lançado. 
Casarão da Cultura em Guarabira. Foto: Reprodução / Google Street View. 
A Prefeitura Municipal de Guarabira, por intermédio da sua Secretaria de Cultura e Turismo, anunciou que estará lançando um programa de ações de emergência cultural para premiar e estimular o trabalho de artistas do município.

Serão, inicialmente, 10 editais voltados para áreas de formação artística, audiovisual, música, artes cênicas, cordel, concurso literário, aquisição de bens ativos e contratação de serviços de curadoria, além de premiação para qualquer área artística. Um dos programas de premiação, e que os artistas já podem ir se adiantando, será o Prêmio Faça em Casa, que irá selecionar 15 trabalhos de criação artística, de qualquer segmento, com prêmios em dinheiro para os vencedores. 

Trata-se de um planejamento que já vem sendo feito pela Secretaria de Cultura em relação às políticas públicas da Lei de Emergência Cultural 14.017 (Lei Aldir Blanc), com previsão para entrar em vigor a qualquer momento.

O prefeito de Guarabira, Marcus Diogo, esteve reunido recentemente com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Tarcísio Pereira, a fim de traçar o planejamento das ações e definir o programa de emergência cultural a ser lançado. Os editais já estão elaborados e encontram-se em fase de revisão na Procuradoria Jurídica do município. Na próxima semana, eles serão submetidos à apreciação do Conselho Municipal de Cultura e só então serão divulgados.

A Secretaria de Cultura informou que teve o cuidado de elaborar um plano de inscrições bastante simplificado, a fim de atender ao maior número de artistas que, em muitos casos, não se sentem preparados para lidar com requisitos burocráticos. As inscrições serão feitas com o preenchimento de formulários em plataforma online da Prefeitura Municipal.

Enquanto os editais não são lançados, a Secult recomenda aos artistas e entidades de cultura para que façam o seu cadastro que já se encontra disponível no site oficial. Para que artistas possam participar das inscrições nos editais, bem como ter direito ao auxílio de emergência cultural, é necessário que estejam cadastrados.

O cadastro está aberto não apenas para pessoas físicas, mas também para espaços de cultura independentes, com formação jurídica ou não, que tiveram sua atividade interrompida em face da pandemia da Covid-19.

O cadastro para artistas e espaços de cultura está disponível no endereço eletrônico da Prefeitura Municipal de Guarabira. (*) As informações são da Secult / PMG
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário