Paraíba atinge meta de 90% da cobertura vacinal contra gripe

A Paraíba já vacinou 1.067.914 pessoas contra gripe em todo Estado, o que corresponde a 90,04% de cobertura vacinal, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Imunização. Com isso, a Paraíba está entre os cinco Estados do Nordeste que conseguiram alcançar a meta da campanha contra influenza (gripe).

Dos 223 municípios paraibanos, 180 atingiram a meta e 43 ainda não alcançaram a cobertura no grupo prioritário – gestantes; puérperas; crianças de seis meses a menores de seis anos; idosos; indígenas; trabalhadores de saúde; pessoas com comorbidades (doenças crônicas e em situações clínicas especiais); funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade; jovens e adolescentes de 12 a 21 anos, sob medida sócio-educativa; professores das redes pública e privada; policiais civis, militares, Bombeiros e Forças Armadas.

“Aqueles municípios que já atingiram a meta devem ofertar a vacina para a população em geral, a depender do estoque existente”, disse a técnica do Núcleo de Imunização, da SES, Márcia Mayara. Ela lembra que não haverá envio de novas doses dessa vacina por parte do Ministério da Saúde. “Dessa forma, a ampliação deverá ocorrer somente naquelas localidades em que houver estoque da vacina influenza. Caberá aos gestores informarem a sua respectiva população se terá disponibilidade de doses e expansão da vacinação”, alertou.

Quem ainda não conseguiu alcançar a meta, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), recomenda aos municípios que continuem priorizando o grupo alvo. 

A gripe (Influenza) é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus da influenza A, B, C e D, com grande potencial de transmissão. A vacina é feita com o vírus morto e fragmentado. Portanto, ela é considerada 100% segura e incapaz de provocar a doença nas pessoas que são vacinadas. A imunização protege contra três tipos (ou cepas) do vírus: H1N1, H3N2 e influenza B. 

Secom-Pb

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário