Projeto de Camila quer mapear casos de Obesidade Infantojuvenil nas escolas públicas da Paraíba

SAÚDE PÚBLICAA obesidade entre crianças é um problema que vem crescendo de maneira alarmante. Dados do Observatório da Criança e do Adolescente da Fundação Abrinq revelam que a Paraíba apresenta 12.115 casos de crianças menores de cinco anos com obesidade e 4.740 com desnutrição grave. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que no Brasil 7,3% das crianças menores de cinco anos estão acima do peso. Sem uma mudança de hábitos, em menos de uma década a obesidade pode atingir 11,3 milhões de crianças no Brasil, de acordo com a Federação Mundial de Obesidade.

Preocupada com essa realidade, a deputada estadual Camila Toscano apresentou o Projeto de Lei Ordinária 436/2019 que cria o Cadastro de Obesidade Infantojuvenil nas Escolas de Rede Pública de Ensino da Paraíba. Ela lembrou que nesta segunda-feira (3) é o Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil e defendeu que é preciso uma política pública mais eficaz de combate ao sobrepeso da população. “No Brasil, os gastos relacionados ao sedentarismo e a obesidade já alcançaram a marca dos R$ 1,5 bilhão”, destacou.  

Para a criação do cadastro, o alunos serão submetidos a avaliação para verificação do estado nutricional, triagem de risco para doenças crônicas e avaliação da capacidade física. “O cadastro conterá todos os dados dos alunos e terá início com informações coletadas no início do ano letivo. Com base na avaliação, a escola alimentará o cadastro de obesidade infantojuvenil, identificando os alunos com desvios do estado nutricional”, explica Camila.

O cadastro, segundo o projeto, deverá ser enviado às Gerências Regionais de Educação e de Saúde e integrarão um banco de dados único do Estado. Com base nesses dados, o Governo desenvolverá ações e formula políticas públicas com o intuito de solucionar esse problema.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário