“Ricardo é um perseguidor, mas que não consegue perseguir bandido”, diz Pedro CL

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) se disse agradecido com os comentários do pré-candidato a deputado estadual, Artur Bolinha, de que ele seria bem-vindo no PPS, mas que não irá para o partido, pois “vai manter a coerência política”.

O PPS, atualmente, integra a base do governador Ricardo Coutinho (PSB) e vai apoiar a candidatura de João Azevedo ao governo do Estado.

– Agradeço muito a referência de Artur Bolinha, mas não pode ser assim. Eu preciso manter o mínimo de coerência política. Eu faço oposição ao governo de Ricardo, sobretudo por ser campinense e por observar o que Ricardo faz em Campina. É um perseguidor, mas que só não consegue perseguir bandido. É tão bom perseguidor, mas na hora de perseguir o bandido ele foge. Na campanha ele prometeu contratar cinco mil novos policiais e resolver em seis meses o problema da segurança. Na campanha ele prometeu o programa Sentinela Vigilante. Há delegacia sendo fechada às 18h. Na Paraíba você tem que ter uma hora certa para ser assaltado, pois se for na hora errada não vai ter delegacia aberta. Não vou sair desse discurso, dessa crítica e nem dessa oposição – explanou.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta quarta-feira, 28.


ParaíbaOnline

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário