Zenóbio adianta critérios para inscrição nas 300 casas populares que serão construídas em Guarabira

O prefeito Zenóbio Toscano durante a edição dessa quinta-feira (9/11), do seu programa semanal de Rádio, o ‘Conversa Com Prefeito’ – adian...

O prefeito Zenóbio Toscano durante a edição dessa quinta-feira (9/11), do seu programa semanal de Rádio, o ‘Conversa Com Prefeito’ – adiantou para a população guarabirense algumas informações preliminares e critérios acerca das inscrições, e de quem pode ter direito a adquirir uma das 300 casas populares, que serão construídas em Guarabira, através do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, do Governo Federal.

Segundo o gestor, os critérios não são da Prefeitura e sim do Minha Casa, Minha Vida. Onde a renda familiar do interessado ou interessada deva alcançar até R$ 1.600,00 e esteja a pessoa com o NIS – Número de Inscrição Social atualizado. Os contemplados vão pagar, apenas, R$ 80,00 mensais a instituição bancária financiadora, ou seja, a Caixa Econômica Federal.

Ele adiantou que um percentual das moradias será destinado para pessoas com deficiência física, onde a casa será adaptada de acordo com a necessidade das mesmas. Observando que, se as inscrições ultrapassarem o número da porcentagem estabelecida, a regra da escolha passará a ser através de um sorteio. Ainda terão direito a inscrição, mães que tenham filhos nascidos com microcefalia, e também é uma prioridade, famílias que estejam morando em situação de riscos, como casa de taipa, beira de rios, barreiras, encostas, etc. Quem ja adquiriu casa em programa social de habitação popular não pode se cadastrar.

Zenóbio disse que as inscrições serão realizadas no ginásio O Zenobão, começando, segundo o mesmo, sem estipular data, o mais rápido possível. Após o término das inscrições, equipes da Secretaria de Assistência Social visitarão as residências das pessoas cadastradas, para avaliar se realmente a família inscrita se enquadra nos critérios estabelecidos no Programa Minha Casa, Minha Vida.

Uma equipe social da Prefeitura de Campina Grande, gentilmente cedida pelo prefeito Romero Rodrigues, auxiliará nas inscrições e no período pós-inscrições para as casas do Residence Park I de Guarabira; já que esta equipe passou pela experiência de inscrever centenas de pessoas para o complexo habitacional Aluísio Campos, que está sendo construído e em fase conclusiva, na gestão de Romero.

O gestor explicou, anteriormente, que uma empresa credenciada adquire o terreno, elabora os projetos e envia para a Caixa Econômica Federal, para que o mesmo seja avaliado pela referida instituição bancária e autarquia da União. E, após prontas, as casas serão entregues, pela empresa responsável, com água encanada, luz elétrica, rede de esgotos, pavimentação das ruas, etc. Ele ainda ressaltou que todo material de construção e mão de obra, que irão ser utilizadas na construção do residencial popular serão, exclusivamente, de Guarabira.

As unidades habitacionais serão construídas em 5 etapas de 300 casas, cada. Os recursos para a construção da primeira etapa de 300 unidades foram liberados na última segunda-feira (6/11), pelo Ministério das Cidades, sendo publicado no Diário Oficial da União.

Codecom



LEIA TAMBÉM

CIDADES 7265634070750820754

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item