Lewis Hamilton vence na Bélgica e diminui vantagem de Vettel

Lewis Hamiilton (Foto: John Thys / AFP).  O Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 não teve grandes surpresas. Neste domingo, o britânico...

Lewis Hamiilton (Foto: John Thys / AFP). 
O Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 não teve grandes surpresas. Neste domingo, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, largou na primeira posição em Spa-Francorchamps e manteve de ponta a ponta, garantindo a vitória. Principal rival de Hamilton na briga pelo título da categoria, Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou com a segunda colocação.

Após três semanas de férias, a Fórmula 1 retornou e a briga pelo título do Mundial de Pilotos voltou a colocar Vettel e Hamilton frente a frente. Na 12ª corrida da temporada 2017, vitória do britânico, que agora soma 213 pontos e é o segundo colocado, atrás do alemão, que possui 220 – diminuindo de 14 para sete pontos a vantagem de Vettel.

O principal destaque da prova foi o australiano Daniel Ricciardo, que largou em sexto e terminou a prova na terceira colocação, completando o pódio. Companheiro de Hamilton e terceiro colocado no Mundial, o finlandês Valtteri Bottas ficou com a quinta posição. Já seu compatriota Kimi Raikkonen, da Ferrari, sofreu punição de 10 segundos ainda na 19ª volta, mas conseguiu manter o quarto lugar.

O brasileiro Felipe Massa também teve boa performance em solo belga. O piloto da Williams largou em 16º e terminou em oitavo. Sem grandes emoções, a largada em Spa não teve ultrapassagens nas primeiras posições. Vettel até aproveitou o vácuo e pressionou Hamilton, mas o britânico foi firme e manteve a ponta. Rapidamente o piloto da Mercedes acelerou seu carro e conseguiu abrir boa vantagem.

A principal baixa da corrida foi o holandês Max Verstappen. Com grande apoio da torcida, que compareceu em peso ao GP da Bélgica, o piloto número 1 da Red Bull perdeu potência e teve de abandonar a corrida. Bicampeão da F1, o espanhol Fernando Alonso também teve problemas em sua McLaren e encaminhou seu carro para o box.

Na volta de número 30, Ocon e Perez, companheiros de Force India, se tocaram e Perez levou a pior, com seu pneu traseiro esquerdo furado. Antes do acidente, ainda na largada, os dois pilotos já haviam se envolvido em confusão. O safety car ficou na pista por quatro voltas e determinou a relargada na 34ª. Hamilton ditou o ritmo e conseguiu segurar Vettel, que botou de lado mas não teve o mesmo desempenho de motor que o rival.

Os pilotos voltam a acelerar seus carros no próximo final de semana. O GP de Monza, na Itália, acontece no dia 03 de setembro e é o 13º do calendário da Fórmula 1.

Gazeta Esportiva

LEIA TAMBÉM

ESPORTE 5762504151546374273

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item