Estudo confirma que a pílula anticoncepcional reduz a qualidade de vida

Qualquer mulher que já tenha usado um método contraceptivo hormonal provavelmente irá lhe dizer que, embora a pílula seja ótima para mante...

Qualquer mulher que já tenha usado um método contraceptivo hormonal provavelmente irá lhe dizer que, embora a pílula seja ótima para manter o controle sobre suas escolhas reprodutivas, ela às vezes também pode fazer você se sentir mal. Agora, um novo estudo confirmou simplesmente que: o tipo mais comum de pílula anticoncepcional hormonal pode impactar negativamente a qualidade de vida da mulher.

Cientistas do Karolinska Institutet, na Suécia, deram a 340 mulheres saudáveis, com idades entre 18 e 35 anos, ou um placebo ou uma pílula contraceptiva contendo etinilestradiol e levonorgestrel, durante três meses. Publicado na revista científica Fertility and Sterility, o estudo descobriu que mulheres que tomaram as pílulas combinadas relataram ter sentido níveis mais baixos de bem-estar, incluindo uma qualidade de vida inferior e impactos negativos no humor, autocontrole e energia. No entanto, apesar das descobertas negativas, os cientistas observaram que a pílula não pareceu aumentar o risco de depressão das participantes.

Os cientistas afirmaram numa declaração que, apesar de cerca de 100 milhões de mulheres em todo o mundo usarem pílulas anticoncepcionais, a comunidade médica ainda sabe “surpreendentemente pouco” sobre o efeito que elas causam na sua saúde. Como resultado, é necessário que sejam feitos mais estudos como este, que compara o efeito da pílula com placebos. Os cientistas acrescentaram que, como as mudanças percebidas no estudo foram relativamente pequenas, as descobertas devem ser interpretadas com cautela. No entanto, eles também ressaltaram que o impacto negativo da pílula em cada mulher pode ser de importância clínica.

“Isso pode, em alguns casos, ser a causa da baixa adequação e uso irregular das pílulas anticoncepcionais,” declarou um dos autores do estudo, Dr. Niklas Zethraeus. “Esta possível degradação da qualidade de vida merece atenção, e precisa ser levada em consideração no momento de prescrever pílulas anticoncepcionais e escolher o melhor método de contracepção”.

Yahoo / The Cut

LEIA TAMBÉM

SAÚDE 3643115084387284531

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item