Girassóis em Guarabira reafirmam convenção para o dia 31, mas Paulino tenta ‘desmanchar’ projeto alaranjado.

- Montagem: Plugados.  O chamados Girassóis de Guarabira, que compõem o grupo do governador Ricardo Coutinho (PSB) poderão ser afunilado...

- Montagem: Plugados. 
O chamados Girassóis de Guarabira, que compõem o grupo do governador Ricardo Coutinho (PSB) poderão ser afunilados e desmoralizados na cidade se o ex-governador Roberto Paulino (PMDB) conseguir o seu objetivo lá na Capital do Estado. Paulino luta desesperadamente por um reatamento da conturbada aliança entre o PMDB e PSB, e torce para que o seu partido em João Pessoa passe a apoiar a pré-candidatura de Cida Ramos, que é apresentada pelo partido do governador. Em contrapartida se projeta que os socialistas se unam com o partido do sempre oposicionista ao Governo, deputado Raniery Paulino -, em Campina Grande, Patos e Guarabira. Mas a resistência dos peemedebistas pessoenses deixa Roberto ainda mais aperreado, pois o deputado Manoel Júnior [presidente do PMDB-JP] tido como arquirrival de Coutinho retirou o seu nome do páreo e resolveu apoiar o projeto de reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

RP desconversa, alegando defender candidatura própria em JP e aliança com o PTB de Wilson Santiago, e espera um desfecho em seu favor em outra reunião do seu partido, que está marcada para o próximo sábado, 30. Irredutível, Manoel Júnior teria dito a Roberto, Vené e Nabor que não se mete nos diretórios deles em Guarabira, Campina e Patos, e que não queria, deste modo, ninguém metendo o bedelho no seu na Capital.

Em entrevistas à imprensa pessoense, os senadores Zé Maranhão e Raimundo Lira, praticamente já deram o ultimato, quando esclareceram que em cada município o PMDB tem as suas particularidades de fazerem as suas escolhas, mesmo Lira sugerindo aliança com Cida Ramos.

O aperreio de Paulino se dá, devido o mesmo ter posto a sua esposa, a ex-prefeita Fátima Paulino para novamente disputar a sucessão municipal em Guarabira; que mesmo tendo o peemedebista articulado o rompimento do vice-prefeito Zé do Empenho (PRB) e do presidente da Câmara Municipal Inaldo Júnior (PTB) com o prefeito à reeleição Zenóbio Toscano (PSDB), passando estes nomes, tidos como de ‘peso’ da política guarabirense a apoiar o projeto de tentativa de retorno dos Paulino ao poder na capital do Brejo. O prefeito, mesmo assim, conseguiu lotar o ginásio O Zenobão de convencionais durante a convenção que homologou a chapa Zenóbio e Marcus Diôgo, no último dia 20. Contando o mesmo com apenas dois vereadores, dos quinze compostos pela câmara. Porém apresentando, o mesmo, ações importantes no município em plena crise econômica nacional.

Com essa proeza de Toscano, agora, para os Paulino, se mostrando amedrontado, só resta um objetivo, esfarelar o projeto dos Girassóis na cidade, que estruturados com o poder do Governo do Estado – trazem um discurso de, segundo eles, combater a ‘gangorra política’ em Guarabira. Com pré-candidaturas próprias para disputarem a prefeitura, sendo o ex-prefeito Josa da Padaria (PSB) e o vereador Beto Meireles (PTB), a prefeito e a vice, respectivamente. Onde vem sendo apresentado o referido projeto alaranjado em plenárias recentes pelos bairros; sempre detonando Paulino e Toscano.

Agora, Paulino – que dizem ser a primeira vez que disputa uma eleição fora do poder – corre contra o tempo para tentar ‘melar’ e obstruir a convenção dos girassóis guarabirenses, a qual está marcada para ocorrer na tarde do próximo domingo, 31. E assim galgar o poder do Governo e ter do seu lado a turma do laranja na convenção do PMDB de Guarabira, que só deve acontecer no dia 4.

LEIA TAMBÉM

POLITICA 7254085642658298810

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item