Mineirinho é campeão de surfe e dá segundo mundial ao Brasil

- Mineirinho (Foto: Getty Imagens). D emorou dez anos, mas Adriano de Souza finalmente alcançou sua glória máxima e conquistou pela prim...

- Mineirinho (Foto: Getty Imagens).
Demorou dez anos, mas Adriano de Souza finalmente alcançou sua glória máxima e conquistou pela primeira vez o Circuito Mundial de Surfe (WCT). Integrante mais experiente da Brazilian Storm, expressão criada em 2011 pela imprensa americana para se referir à nova geração de surfistas brasileiros que vem se destacando no cenário internacional, ele contou com a ajuda de Gabriel Medina, que eliminou Fanning na semifinal, superou o havaiano Mason Ho em Pipeline e entrou para a história da modalidade.

Mineirinho chegou ao Havaí dependendo apenas de si para terminar com o título, e foi dessa maneira que conquistou o WCT. Com uma campanha irretocável em Pipeline, no Havaí - foi melhor que Mick Fanning, Filipe Toledo e Julian Wilson - o brasileiro leva o segundo troféu consecutivo para o Brasil e chega à final contra Medina para tentar coroar o triunfo com chave de ouro.

Contra a Mason Ho, algoz de Filipe Toledo e sobrinho do campeão mundial Derek Ho, Mineirinho não teve muitas dificuldades para vencer a bateria e garantir o título. Com ondas fracas, o brasileiro liderou durante todo combate e, com um somatório maior (6,83 x 4,70), avançou à final e pode comemorar com a torcida verde-amarela nas areias de Pipeline, considerada a Meca do surfe mundial.

"Queria agradecer muito Deus por esse momento, fui muito abençoado por ele. Dedico esse troféu ao Ricardo dos Santos. Fiz uma tatuagem para ele e, por isso, estará comigo para sempre. Sei que está lá em cima olhando por mim. Agradeço também ao meu irmão, que comprou uma prancha de R$ 30 para mim quando era criança e hoje estou no topo do mundo. Muito obrigado! Eu te amo e amo toda minha família", disse Mineirinho, com lágrimas nos olhos após sair do mar.

Ricardinho morreu no dia 20 de janeiro deste ano, um dia depois de ter tomado três tiros do policial Luis Paulo Mota Brentano, que estava de folga na ocasião. O surfista de 24 anos teria se desentendido com o assassino em frente a sua casa, na Guarda do Embaú, em Palhoça, Santa Catarina. (ESPN Brasil)

LEIA TAMBÉM

ESPORTE 5322407682944098326

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailer / Cinema

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item