VÍDEO: vice da CBF diz que há 'negócio meio forçado' para que o Vasco não caia, e alfineta Eurico

- Delfim Peixoto (Foto: Reprodução / Espn Brasil. E m entrevista ao Bate-Bola Bom Dia [ E spn Brasil ] desta sexta-feira, o presidente...

- Delfim Peixoto (Foto: Reprodução / Espn Brasil.
Em entrevista ao Bate-Bola Bom Dia [Espn Brasil] desta sexta-feira, o presidente da federação catarinense (FCF) e vice da CBF, Delfim Peixoto, afirmou que há algo "meio forçado" no Campeonato Brasileiro para que o Vasco não caia para a segunda divisão.

Atualmente, o time cruzmaltino está na 18ª colocação com 37 pontos, três atrás do Figueirense, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, restando só duas rodadas para o fim do Brasileirão. Delfim reclamou também da falta de preocupação com as equipes catarinenses (Joinville já caiu e Avaí está na zona de rebaixamento; a Chapecoense está livre da degola).

Delfim Peixoto foi reticente quando perguntado sobre a lisura dos campeonatos da CBF (o dirigente de SC é crítico ao presidente Marco Polo del Nero).

"Não sou eu quem vai dizer que os campeonatos da CBF não têm lisura. No meu estado, pelo menos, há lisura. Pode estar acontecendo umas coisas meio diferentes no atual campeonato... Está um negócio meio forçado para que tal clube não caia. Mais até na parte de baixo do que em cima", afirmou. Questionado se o clube em questão seria o Vasco, ele confirmou: "Estou falando do Vasco".

"O Criciúma, grande clube catarinense, caiu no ano passado, estava caindo aos poucos, e ninguém ficou preocupado. 'Ah, ele não pode cair'. Caiu normalmente, é uma cultura que nós temos. Esse ano o Joinville caiu, inclusive jogando contra o Vasco... A marmelada que o senhor lá do Vasco disse, que havia marmelada dos catarinenses para tirar o Vasco. Não sei por que, qual o interesse de Santa Catarina de tirar o Vasco? Tem que cair aquele que merece cair", declarou.

O "senhor" é Eurico Miranda, assegurou pouco depois Delfim Peixoto.

A briga entre os dois dirigentes ficou escancarada no mês passado, quando o presidente do Vasco acusou o catarinense de pressionar a arbitragem no vestiário dos jogos no estado. O mandatário do futebol de SC desde 1985 prometeu processar Eurico e disparou: "Ele sempre foi assim, é mentiroso". (Com o Espn Brasil)

video


LEIA TAMBÉM

ESPORTE 151517604426004484

Postar um comentário

emo-but-icon

VÍDEO / trailler

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item