Corpo de menina que estava desaparecida é encontrado em mata de João Pessoa

Foto: Reprodução / TV Cabo Branco. 
O corpo de Anielle Teixeira, de 11 anos, criança que estava desaparecida desde o último domingo (5), foi encontrado na madrugada desta quarta-feira (8), em uma mata no bairro de Miramar, em João Pessoa. Conforme informações da Polícia Civil, o corpo de Anielle foi encontrado apenas com a blusa. Ela sumiu na madrugada do domingo, depois de sair da praia do Cabo Branco de bicicleta com um homem.

De acordo com a delegada Luisa Correia, o corpo foi encontrado com sinais de decomposição, o que levam a Polícia Civil e a perícia a acreditarem que a criança foi morta logo após a saída da praia, no mesmo local em que o corpo foi encontrado. Além disso, no corpo, há sinais de esganadura, mas apenas o laudo pericial poderá confirmar a causa da morte. A perita Amanda Melo revelou que há suspeita de crime sexual, mas que a situação ainda está sendo investigada.

A criança teria passado o sábado na praia com a mãe e os irmãos. De acordo com a mãe da vítima, ela estava com os filhos dormindo em um quiosque, cujos donos são conhecidos da mulher, após passar o sábado na praia. A mãe explicou que as taxas de transportes por aplicativo estavam muito altas, então resolveu ficar no local e ir embora de manhã cedo. Por volta das 5h, a criança sumiu.

A irmã mais nova da criança teria informado para a mãe que Anielle teria sido convidada a sair com um homem em uma bicicleta e ela não quis ir com a irmã. Depois disso, a menina não apareceu mais.

Ainda conforme informações da delegada Luisa Correia, algumas testemunhas ainda estão sendo procuradas para fornecer mais informações sobre o caso.

Até as 6h10 desta quarta-feira, o suspeito de matar Anielle Teixeira não havia sido localizado. A Polícia Civil informou que a prisão preventiva do suspeito, já identificado e reconhecido pela mãe da adolescente, deve ser decretada ainda nesta quarta-feira. (*) G1


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário