Novo presidente dos EUA: Biden reverte decisão de Trump de deixar a OMS: 'crucial na pandemia'

O democrata Joe Biden toma posse como novo presidente dos EUA. Foto: Kevin Lamarque / Reuters.  
Após o juramento de Joe Biden como novo presidente dos Estados Unidos da América, nesta quarta-feira (20), a Casa Branca divulgou uma carta de Biden revertendo a decisão do governo Trump de deixar a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na carta, Biden escreve: "a OMS desempenha um papel crucial na luta mundial contra a mortal pandemia da  Covid-19, bem como inúmeras outras ameaças à saúde global e à segurança sanitária. Os Estados Unidos continuarão a ser um participante pleno e líder global no enfrentamento de tais ameaças e no avanço da saúde global e da segurança sanitária".

Diplomatas americanos em todo o mundo já foram notificados das mudanças que devem fazer ao conduzir a diplomacia americana, depois que Biden assinou uma série de ordens executivas esta noite.

O primeiro memorando geral do departamento enviado pelo secretário de Estado em exercício Dan Smith instruiu todos os diplomatas dos EUA a se engajarem novamente na OMS e impedirem qualquer retirada de pessoal da agência de saúde da ONU, de acordo com documento obtido pela CNN.

O memorando foi enviado logo depois que Biden assinou uma série de ordens executivas, incluindo uma para reverter a decisão do ex-presidente Donald Trump de se retirar da OMS.

“Os Estados Unidos voltarão a se envolver com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e retomarão o envolvimento regular de funcionários do governo dos EUA com a organização. Os Estados Unidos também revertem sua decisão de chamar de volta funcionários do governo dos EUA de destacados para a OMS ”, escreveu Smith na noite de quarta-feira.

Os EUA estavam em processo de retirada de pessoal da OMS nos meses finais da administração de Trump. Essa decisão agora será interrompida e revertida. (*) CNN Brasil


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário