Polícia Civil previne a população sobre fraude com venda de veículos na internet

Foto: Divulgação / Google Imagens. 
Desconfiar de valores muito abaixo aos praticados no mercado, sempre negociar pessoalmente com o legítimo dono ou seu representante legal e desconfiar de conversas com pedidos de mentira. Estas são as principais recomendações da Polícia Civil para a população se prevenir de um tipo de fraude na compra de veículos usados em João Pessoa. O golpe, que se utiliza de falsos anúncios em sites, está sendo investigado pela Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital. 

 De acordo com a delegada Andréa Melo, a fraude ocorre em duas etapas. Em um primeiro momento, o criminoso escolhe o vendedor que anunciou a venda de um carro na internet. O criminoso entra em contato com essa pessoa e garante a compra do veículo, mas conta uma história fictícia. “Geralmente, diz que pagará o valor combinado, mas o veículo será entregue a outra pessoa, por conta de uma dívida. O estelionatário convence o vendedor a tirar o anúncio da internet. Em seguida, o falsário posta outro anúncio, com as mesmas fotos e características do veículo, porém o preço é menor. O estelionatário anuncia seu próprio contato e age como se fosse o dono do veículo”, explica a delegada.  

Após postar o falso anúncio na internet, começa a segunda etapa da fraude. Por conta do baixo valor, o veículo logo atrai a atenção de algum interessado. Sem saber, essa pessoa começa a negociar com o estelionatário, que o convence a ir até a casa do comprador e analisar o carro. Geralmente, o estelionatário conta que o comprador vai entregar o carro como pagamento de uma dívida. Ele ganha a confiança da vítima e consegue manter a farsa.

 “Tanto o comprador quanto o vendedor são enganados. Eles são orientados pelo golpista a mentir um para o outro. O comprador acaba depositando na conta do criminoso o dinheiro pela compra do veículo”, destaca Andrea.  

Somente após alguns dias é que o golpe é descoberto. "Tanto o dono do veículo quanto o interessado na compra agem de boa fé, mas são enganados por um criminoso que está em outro Estado", afirma a delegada.  

A Polícia Civil está investigando a ação desse tipo de crime em João Pessoa, mas reforça que a população adote cuidados na hora de fechar negócios por meio da internet. “Geralmente, esses estelionatários envolvem as vítimas em mentiras. Pedem que elas confirmem que são suas parentes ou amigas para outras pessoas, sem que nunca tenham as visto antes. As pessoas devem desconfiar sempre que estiver negociando a compra de um veículo e ouvir essas conversas estranhas”, adverte.  

“Outro sinal de alerta é quando o vendedor ou comprador estiver com muita pressa em fechar o negócio, chegando ao ponto de baixar o valor para um preço muito inferior ao praticado no mercado. Isso pode ser um golpe em andamento”, destacou. 

Em caso de dúvida ou suspeita de que está lidando com um criminoso, a recomendação é procurar a Delegacia de Polícia mais próxima ou fazer a denúncia de forma anônima pelo Disque 197. (*) Secom-PB

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário