Vídeo de líder petista de Laje do Muriaé, no RJ, viraliza após dizer "fazer muito e roubar pouco"

Reprodução / Youtube. 
Liedio Luiz Silva, o presidente de diretório do PT de Laje do Muriaé, no interior do Rio de Janeiro, viralizou na internet após aparecer em um live, no último domingo (5/7), na qual afirma ter como princípio “fazer muito e roubar pouco”. Na ocasião, o político falava sobre a importância histórica do PT e da representatividade alcançada em termos de tamanho.

Após imensa repercussão, Liedio Luiz se pronunciou nesta sexta-feira (10/7), afirmando que se equivocou por causa do nervosismo e que se licenciou da direção do partido por tempo indeterminado. O PT-RJ avaliou que ele “cometeu um erro, se enrolando em suas palavras”.

Em uma nota, o político disse que o vídeo foi usado de forma negativa: “Esclareço, ainda, que meu vídeo foi cortado e usado apenas para denegrir minha pessoa e o grupo que eu apoio na eleição de 2020 no meu município de Laje do Muriaé- RJ e o PT, partido este que sou filiado a (sic) 20 anos. Eu, Liedio, peço desculpas a todos. Esclareço, ainda, que me licenciei da direção do meu partido por tempo indeterminado”, afirmou.

A Comissão Executiva Estadual do PT-RJ também se posicionou sobre a fala de Liedio Luiz: “Este membro do Partido dos Trabalhadores, tomado pelo nervosismo de estar em uma live, algo incomum a sua rotina, cometeu um errou, se enrolando em suas palavras em uma rede social. O equívoco foi corrigido e explicado por ele segundos após sua infeliz colocação”.

“Ressaltamos que o Partido dos Trabalhadores é composto por instâncias e apenas elas estão autorizadas a definir os rumos e defesas partidárias. Desta forma, Liedio Luiz da Silva não fala em nome deste partido e seu discurso na referida live não reflete o que defendemos e acreditamos”, ressalta a nota.

“Nosso partido vem sofrendo constantes investidas que nunca foram capazes de apresentar uma única prova de atos ilícitos. Sofremos com a constante perseguição e descontração da verdade”, concluiu a nota. (*) Metrópole

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário