Morre aos 64 anos, o professor universitário Carlos Belarmino, vítima da Covid-19

Foto: Reprodução / Facebook. 
Morreu na noite desta segunda-feira (22), vítima do novo coronavirus, o professor universitário e ufólogo, Carlos Antônio Belarmino Alves, aos 64 anos de idade. Ele estava internado há mais de trinta dias no Hospital da Unimed em João Pessoa, onde nos últimos dias o seu quadro teria se agravado, não resistindo nesta segunda aos efeitos do vírus.

De acordo com o perfil do Professor Carlos Berlamino no Facebook, o mesmo era natural de Natal (RN), porém radicalizado em Guarabira (PB). Era professor de Geografia  do Campus III da UEPB (Universidade Estadual da Paraíba). E ufólogo, sendo um dos entusiastas no segmento, inclusive na década de 90, quando a cidade de Guarabira ficou famosa Brasil afora pelos possíveis avistamentos em massa de Óvnis (Objetos Voadores Não Identificados). 

Carlos Berlamino era casado com a professora Auricélia Alustau e pai de três filhas. Ele era cunhado do vereador José Tolentino de Alustau (Zé Ismai). 

Nas redes sociais, familiares, amigos, ex-alunos e admiradores lamentam o falecimento do professor.

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário