Ex-diretor da Cadeia Pública de Rio Tinto, PB, é morto a tiros

Na tarde desta terça-feira (5), o ex-diretor da Cadeia Pública de Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano, foi assassinado a tiros. Josenildo Adelino de Farias, de 58 anos, estava sentado na frente da casa de um vizinho, quando o crime aconteceu. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens armados chegaram em uma moto preta, com capacetes e atiraram contra a vítima. Josenildo foi baleado quatro vezes e morreu no local.

A polícia busca imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos da região, que possam ajudar na identificação dos atiradores.

Ainda não há uma linha de investigação, mas a polícia acredita que o crime tenha sido premeditado. “Provavelmente, os suspeitos estudaram a rotina da vítima e o momento que não houvesse policiamento por perto”, disse o major Alberto Filho, comandante da 2ª CIPM.

PBVale



Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário