Vice-prefeito de Araçagi denuncia abandono de prédio do hospital da cidade, fechado na atual gestão


O vice-prefeito de Araçagi, no Agreste paraibano, Melqui Gomes, usou as redes sociais na noite desse domingo, 2, para denunciar por meio de fotografias, o estado de abandono administrativo em que se encontra o prédio onde funcionava o hospital da cidade. “Onde funcionava nosso hospital em Araçagi,PB, hoje em total abandono, lamentável”, disse.

A unidade hospitalar, denominada Vanildo Maroja, foi fechada no começo da gestão do atual prefeito Murílio Nunes (PSB), por determinação da Agevisa-PB e, de lá para cá, não foi mais reativado. Ele foi eleito prefeito e Melqui, vice, em 2016. Assumiram o mandato no ano anterior, onde o vice rompeu com o titular da pasta em poucos meses de administração do socialista.

Nos comentários da postagem de Gomes, algumas pessoas, também lhe culpam pelo fechamento do hospital. “Só lembrando que Melqui Gomes é o vice prefeito da cidade e tem culpa no cartório também”, diz um dos comentários.

Mas o vice-prefeito se defende. “É verdade (...), eu e mais de seis mil Araçagiense fomos enganados pelas promessas de campanha do atual gestor, que prometia que o filho de Araçagi ia nascer no hospital de Araçagi, e a saúde de Araçagi ia ter grande avanço, quem nessa vida não corre o risco de ser enganado? Mas nem por isso devemos nos calar e defender o indefensável, vivemos em um país democrático e temos o dever de defender nossos direitos. SAÚDE, DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO. Um abraço e quem abençoe a todos”, responde Melqui.




PLUGADOS NA NOTÍCIA sempre com o espaço aberto para as menções do outro lado, leia-se, o prefeito de Araçagi, Murílio Nunes.

@RedaçãoPlugados
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário