Presa na Operação Calvário foi coordenadora financeira da campanha de João Azevêdo

João na convenção do PSB (Foto:Divulgação / Política&Etc). 
A servidora lotada na Procuradoria-Geral do Estado, Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, presa preventivamente no bojo da operação Calvário, foi coordenadora financeira da campanha de João Azevedo (PSB) ao Governo do Estado e na campanha de Cida Ramos, a Prefeitura de João Pessoa, nas eleições 2016. A informação foi divulgada no programa Correio Debate, da 98,3 FM, com Nilvan Ferreira, Victor Paiva e João Costa. 

Maria Laura foi a única presa na quarta etapa da operação, desencadeada nesta terça-feira (30) e encaminhada ao presídio Júlia Maranhão.  Ao todo, além da prisão, estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, sendo dois relacionados a endereços atribuídos à servidora.

Laura também foi alvo de mandados cumpridos na terceira etapa da operação, quando foram apreendidos, na casa dela, tiras destinadas a embalar dinheiro. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços relacionados ao agora ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, cumpridos em casa e no trabalho.



Politica&etc
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário