Ato de exoneração de Livânia Farias é republicado por incorreção

Livânia Farias (Foto: Reprodução / TV Cabo Branco). 
O ato de exoneração da secretária Livânia Farias, presa na Operação Calvário, foi republicado por incorreção. A divulgação foi feita no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (20).

O ato foi republicado por conta de erros na data do pedido de exoneração feito pela ex-secretária.

Ela foi presa no último sábado, dia 16. O pedido de exoneração ocorreu logo após a prisão.

O primeiro ato de exoneração que saiu no Diário Oficial é de 15 de março, quando ela ainda estava no cargo de secretária. O segundo ato tem como data o dia de 18 de março.

Abaixo os dois atos:

Ato Governamental nº 1.013 João Pessoa, 18 de março de 2019
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003,
R E S O L V E exonerar, a pedido, LIVANIA MARIA DA SILVA FARIAS, matrícula nº 168.969-0, do cargo em comissão de Secretário de Estado da Administração, Símbolo CDS-1.
Publicado no DOE 18.03.2019
Republicado por incorreção

Ato Governamental nº 1.013 João Pessoa, 15 de Março de 2019
O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003,
R E S O L V E exonerar, a pedido, LIVANIA MARIA DA SILVA FARIAS, matrícula nº 168.969-0, do cargo em comissão de Secretário de Estado da Administração, Símbolo CDS-1.

Os Guedes

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário