Julian Lemos chama Ricardo de tirano e denuncia abuso de poder político e econômico em favor de Haddad

Eleito no último dia 07 de outubro com expressiva votação para Câmara Federal, o vice-presidente nacional do PSL, Julian Lemos, utilizou as redes sociais para denunciar um suposto abuso do poder político econômico do governador Ricardo Coutinho (PSB) em favor do petista Fernando Haddad, candidato apoiado pelo gestor estadual na disputa presidencial. Lemos chamou Coutinho de tirano e acusou o socialista de tentar coagir servidores públicos a votar no ex-prefeito de São Paulo.

“O que ocorre na Paraíba, hoje, é uma das perseguições políticas mais violentas que temos notícias, desde o mais simples ao mais graduado funcionário a intimidação e ameaças não tem limites” e frisou que “muitos dos que assistem esse vídeo sabem do que estou falando, mas é preciso resistir, é preciso se libertar e crer, que até as tempestades tem o seu fim”.

Para o deputado federal eleito, o Governo do Estado se tornou no sentido original da palavra ditador e tirano, por que, segundo ele, usa a máquina pública, jornais, blogs, tenta destruir reputações dos seus oponentes (eu que o diga), demite, transfere, monitora redes sociais, mas não iremos parar, porque o que nos move é maior do que o medo. “O medo que tem sido uma das armas, seguido pela mentira, resistam meus irmãos, dentro da cabine de votação só serão vocês e suas consciências, façam sua parte, porque a cavalaria está chegando, eles não passarão dessa vez, 17 neles”, exclamou.

Fonte: https://tanaarea.com.br/eleicoes-2018/deputado-federal-eleito-chama-ricardo-de-tirano-e-denuncia-abuso-de-poder-politico-e-economico-do-governador-da-pb-em-favor-de-haddad/#.W8336pLEznY.whatsapp
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário