PSB nacional estende tapete para possibilidade de retorno do governador da Paraíba ao partido

O presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira. Foto: Humberto Pradeira / Divulgação / JC Online. 
O PSB nacional está de portas abertas para receber de volta o governador da Paraíba, João Azevedo, hoje filiado ao Cidadania E que tem pouco tempo no guia eleitoral, como também pouca assistência financeira relativa ao fundo partidário para quem pleiteia uma reeleição no próximo ano.

Conforme o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, em entrevista concedida à imprensa, nesta sexta-feira (17), a saída de Azevêdo não foi uma boa para o partido e o retorno é somente dele (impessoal e intransferível), mas se achar por bem retornar será muito bem-vindo.

“As portas estão inteiramente abertas e o tapete será estendido para que ele possa regressar”, disse.

Contudo, Siqueira informou que não houve um convite formal ainda, muito menos conversas com lideranças locais para que o governador volte à sigla socialista, mas que o gestor sabe muito bem que é bem-vindo e que todos os colegas têm uma relação amistosa com Azevêdo.

Disse ainda que não fará nenhuma pressão para que o governador tome a decisão.

“Eu mesmo, nunca tive problema com ele. Ele saiu por conta de um problema criado na Paraíba mesmo. Ele teve suas razões no momento para sair, mas se desejar voltar será muito bem recebido e eu mesmo farei questão de estar em João Pessoa para assinar a ficha de filiação dele, mas isso é uma decisão só dele”, voltou reiterar o presidente nacional do PSB. (*) Paraibaonline

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário