Mais de 250 pessoas teriam tomado vacinas vencidas na Paraíba; confira os locais

A recomendação da SES é de que as pessoas que tenham recebido vacinas vencidas respeitem a data marcada para a segunda dose no cartão de vacinação. 

Foto: Agência Brasil / EBC. 
Pelo menos 1.532 cidades brasileiras aplicaram doses vencidas de vacinas contra a Covid-19. O levantamento foi feito pela Folha de S.Paulo e mostra que na Paraíba mais de 250 pessoas receberam o imunizante fora do prazo de validade.

Ao Portal T5, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) explicou que a recomendação é que as pessoas que tenham recebido essas doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 vencidas tomem a segunda parte da imunização, seguindo a data marcada no cartão de vacinação.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, disse que o entendimento da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) é de que haja a aplicação da vacina novamente. Porém, ainda segundo ele, o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19 não tem um posicionamento definitivo sobre o assunto. 

De acordo com Geraldo Medeiros, uma reunião com autoridades responsáveis pelo PNI deve decidir como proceder nesses casos em breve.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde afirmou que todas as doses das vacinas são entregues aos municípios em até 24 horas após o recebimento, e que as cidades são responsáveis "pelo armazenamento, aplicação e informação aos sistemas de notificação do Ministério da Saúde".

"A Secretaria de Estado da Saúde esclarece que os municípios devem avaliar se foi erro de registro ou se não aplicou em tempo oportuno.

Todas as doses são entregues em até 24h após o recebimento aos municípios que são integralmente responsáveis pelo armazenamento, aplicação e informação aos sistemas de notificação do Ministério da Saúde. As orientações técnicas às equipes de vacinação ocorrem frequentemente".

Confira os locais que teriam aplicado vacinas vencidas.





Fontes: DataSUS, Sage (Sala de Apoio à Gestão Estratégica) e Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19

Créditos: T5


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário