MPPB denuncia ex-prefeitos de Cadebelo e mais nove pessoas na 'Xeque-Mate'

Foto: Divulgação. 
O Ministério Público da Paraíba (MPPB) encaminhou, nesta quinta-feira (15), uma nova denúncia ao Poder Judiciário acerca da Operação ‘Xeque-Mate’. Dessa vez, os ex-prefeitos da cidade de Cabedelo Leto Viana e José Maria Lucena ( Luceninha) e outras nove pessoas foram denunciadas por doação ilegal de terreno da cidade.

A denúncia envolve a empresa Projecta, que teria recebido um terreno após constrir duas praças na cidade, por mais de R$ 210 mil e pagar R$ 150 mil em propina para gestores públicos, servidores e vereadores responsáveis por facilitar a aprovação de leis na Câmara.

Também foram alvos desta denúncia do MPPB, Inaldo Figueiredo da Silva, José Edglei Ramalho e Erika Moreno Gusmão, sendo estes integrantes do núcleo do Executivo. Foram apontados como integrantes do núcleo do Legislativo: Lucas Santino da Silva, Rosildo Pereira de Araújo Júnior (Júnior Datele), Lúcio José do Nascimento Araújo, Antônio Moacir Dantas Cavalcanti Júnior, Tércio de Figueiredo Dornelas Filho e Márcio Bezerra da Costa.

A denúncia foi protocolada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do MPPB, e é a sétima relacionada à Operação Xeque-Mate. (*) T5

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário