Deputado denuncia que Governo da PB não cumpre lei do escalonamento vertical e revela quanto os policiais estão perdendo por mês

O deputado cabo Gilberto Silva mostra quanto cada policial por graduação está perdendo. Foto: Divulgação. 
O deputado estadual Cabo Gilberto Silva denunciou na manhã desta segunda-feira, dia 25, que o Governo do Estado não está cumprindo a lei 7.059/2002 ,do escalonamento vertical, que determina os valores a serem recebidos, proporcionalmente por cada graduação a partir dos valores recebidos pelo coronel.

O deputado fez um levantamento mostrando quanto os policiais de cada graduação estão perdendo, mês a mês, pelo não cumprimento da lei de escalonamento vertical.

Segundo a Lei 7.059 sancionada em janeiro de 2002 pelo então governador José Maranhão, conforme tabela ao lado, a partir do salário do coronel da Polícia Militar da Paraíba, as demais graduações deveriam receber conforme os percentuais definidos pela lei, atribuindo o percentual a ser recebido por cada graduação, de tenente-coronel, major, capitão, até soldado.

Segundo levantamento feito pelo gabinete do deputado estadual Cabo Gilberto Silva, os policiais militares, acumulam prejuízo enorme ao longo dos anos em que o escalonamento não vem sendo cumprido. “O governador João Azevedo precisa urgentemente tomar uma providência, pois os companheiros acumulam prejuízo pelo fato de o Governo não cumprir a lei, que é do ano de 2002. Apelamos ao governador que possa se inteirar de mais uma injustiça com nossos companheiros e busque uma solução o mais rápido possível”, comentou o parlamentar.

VEJA QUANTO CADA GRADUAÇÃO ESTÁ PERDENDO POR MÊS :

GRADUAÇÃO                                PERDA MENSAL R$

  • Tenente-coronel                               R$ 1.388,00
  • Major                                               R$ 1.550,00
  • Capitão                                            R$ 1.760,00
  • 1º Tenente                                       R$ 1.984,00
  • 2º Tenente                                       R$ 1.996,00
  • Aspirante                                        R$ 1.984,00
  • Subtenente                                      R$ 1.984,00
  • 1º Sargento                                     R$ 1.742,00
  • 2º Sargento                                     R$ 1.464,00
  • 3º Sargento                                     R$ 1.132,00
  • Cabo                                               R$ 710,00

O não cumprimento da lei de escalonamento vertical está provocando estabilidade ao princípio da hierarquia na Polícia Militar pois, conforme os anos vão se passando, os valores recebidos

“Inclusive o soldado, o cabo e o sargento, com o repasse do salário mínimo, pois o soldo do soldado não pode ser inferior ao salário mínimo, praticamente ficará o mesmo soldo, do soldado, cabo e sargento”, explicou o deputado Cabo Gilberto Silva.

VEJA O SOLDO ATUAL E QUANTO DEVERIA SER PELA LEI DE ESCALONAMENTO :

SOLDO ATUAL R$          QUANTO ERA PRA SER 

  • Coronel  = R$  4.874,00
  • TC         =  R$  3.863,41        R$  4.532,82
  • Major     = R$  3.416,25        R$ 4.191,64
  • Capitão  =  R$ 2.970,77         R$ 3.850,46
  • 1Ten      =  R$ 2.517,87         R$ 3.509,28
  • 2Ten     =   R$ 2.170,07         R$ 3.168,10
  • Asp      =   R$ 1.786,84          R$ 2.778,18
  • SubTen =  R$ 1.786,84          R$ 2.778,18
  • 1Sgt      =  R$ 1.566,50          R$ 2.437,00
  • 2Sgt      =  R$1.363,32           R$ 2.095,82
  • 3Sgt      =  R$ 1.188,50          R$ 1.754,64
  • Cabo    =   R$ 1.058,68          R$ 1.413,46
  • SD=Salário mínimo

 


Créditos: Blog do Marcelo José

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário