Brasil supera marca de 190 mil mortes por covid-19

Dados do consórcio de veículos de comunicação apontam 768 novas mortes nas últimas 24 horas, com 57.753 novos casos confirmados. 

Foto: Reuters / Amanda Perobelli. 
A média móvel de mortes causadas pela covid-19 ficou em 737 vítimas nesta quinta-feira, 24, no Brasil. Esse tipo de média leva em consideração dados dos últimos sete dias para corrigir distorções provocadas pelas variações nos registros. Nas últimas 24 horas, o País registrou 768 novas mortes e 57.753 novos diagnósticos confirmados.

Os dados são reunidos pelo consórcio de veículos de comunicação a partir dos registros das secretarias estaduais de Saúde. O consórcio é formado pelo Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. No total, o Brasil já chegou a 190.032 óbitos causados pela doença desde o início da pandemia, em meio a 7.424.430 casos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, 6.448.740 pessoas se recuperaram da doença, em meio a 7.423.945 casos confirmados. Os dados da pasta diferem dos registros do consórcio em razão da metodologia de coleta. A pasta aponta um total de 189.982 mortes confirmadas, 762 nas últimas 24 horas.

O Ministério da Saúde registrou, mais cedo, um total de 189.982 mortes em decorrência da Covid-19 depois de registrar nesta quinta-feira 762 novas vítimas fatais.

Foram notificados ainda 58.428 novos casos da doença causada pelo coronavírus, e com isso o total de infecções confirmadas no Brasil atingiu 7.423.945, segundo o ministério.

O Brasil passa por um repique da doença e é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

O ministério informou ainda que o Brasil tem 6.448.740 pessoas recuperadas da Covid-19 e 785.223 pacientes em acompanhamento. (*) Terra


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário