Músico guarabirense é esfaqueado e morto em Sapé, PB

Foto: Reprodução / Redes Sociais. 
Um homem que foi identificado como sendo o músico guarabirense Anderson Amaral, de 33 anos de idade, morreu na madrugada deste domingo (23) após ser esfaqueado na cidade de Sapé, na Região da Mata paraibana. Ele é sobrinho dos cantores Roberto Show e Amaral [do Forró Bagaço de Cana], e foi integrante do grupo de pagode Akisamba da cidade de Guarabira.

De acordo com informações preliminares Anderson estava em um “espetinho” e teria sofrido os golpes de faca após se envolver em uma discussão com um homem que ainda não teve a identidade revelada e, em seguida, mesmo ferido conseguiu chegar ao interior do seu carro e conduzi-lo até a porta do hospital local, porém não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo.

A Polícia Militar foi acionada até o local, fez diligências, mas até o presente momento ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o caso.

Foto: Reprodução / Redes Sociais. 


Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário