Mudança na rotina faz com que celebridades e “pessoas normais” ganhem peso na pandemia e nutricionista dá dicas para recuperar forma física

A nutricionista Danielle Cardoso Santos. Foto: Divulgação / Hapvida. 
O distanciamento social e a mudança na rotina de alimentação e atividade física vêm provocando ganho de peso em algumas pessoas. Celebridades como a cantora e empresária Anitta e a rapper Cardi B relataram nas redes sociais que engordaram durante a quarentena, provocada pela pandemia do novo coronavírus. Assim como as artistas, pessoas comuns vêm travando, ao longo desses dias, uma luta não só com a mudança brusca de rotina, mas também com a balança. Nessa disputa acirrada, o peso na consciência pelos quilinhos a mais e o julgamento das pessoas, às vezes, conta mais que o aumento do número na balança.
 
A nutricionista da MedPrev do Hapvida em João Pessoa, Danielle Cardoso Santos, explica que existem vários fatores que interferem no ganha de peso em tempos de quarentena. “A própria mudança de rotina, como parar de fazer exercícios físicos, alteração em horários de alimentação, a mudança no sono e aumento do consumo alimentar, principalmente, de alimentos hipercalóricos podem levar às pessoas a um ganho de peso indesejado”, afirma.
 
Apesar de fatores psicológicos, como ansiedade, estresse e a incerteza pelos próximos dias contribuírem para os indivíduos buscarem saciar esses sentimentos através do alimento, a especialista explica que é preciso buscar outras formas de prazer. “A alimentação não deve ser o maior canal para busca de prazer nesse período de isolamento. Apesar dos desafios é preciso praticar atividades físicas e estar em contato de alguma forma com pessoas que se ama”, pondera Danielle.
 
Além disso, a nutricionista ressalta que ver a alimentação como uma forma de prazer pode se tornar um problema quando não se tem controle do quanto se como e o que se consome, comendo de forma emocional, sem sentir a fome "real" e beliscando sempre. A especialista acrescenta ainda que a escolha de alimentos ricos em açúcares e ultraprocessados têm um poder "viciante" entrando em um ciclo de repetição pelo prazer rápido logo após o consumo.

Buscando Alternativas – Mas nem tudo está perdido e a nutricionista Danielle Cardoso Santos, assegura que é possível perder aqueles quilinhos indesejáveis ainda na quarentena e de forma saudável. “Melhorar a qualidade alimentar, fazendo escolhas saudáveis, otimizar sono com boas noites tranquilas, praticar atividade física em casa da maneira que puder, fazer trocas com receitinhas saborosas e saudáveis não perdendo o prazer alimentar e deixando o consumo das "besteira " para que seja de forma esporádica”, orienta.
 
A nutricionista lembra que a alimentação está em um contexto cultural familiar e, principalmente em tempos de quarentena deve ser estimulado boas escolhas e práticas para todos. “Assim, através de uma boa e equilibrada alimentação irá se manter a influência imunológica alimentar para toda a família com nutrientes importantes para a saúde de todos. Consumo de bons carboidratos como os tubérculos (inhame, batata doce, macaxeira), proteínas saudáveis (ovos, peixe, frango, carnes magras), vitaminas e minerais (frutas e verduras) são algumas opções a entrar na dieta de quem busca não só perder uns quilos, mas, sobretudo, manter uma vida saudável”, sugere. (*) Ascom Hapvida

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário