Marcelo Bandeira sobre PDT ter Beto Meireles como vice: “Não tem um nomezinho melhor, não? ”

O vereador-presidente da Câmara de Guarabira, Marcelo Bandeira. Foto: Reprodução. 
O presidente da Câmara de Vereadores de Guarabira, Marcelo Bandeira (PDT), deixou claro no começo da noite dessa terça-feira (30), que mesmo sendo um grande defensor da união das oposições, se revelou um considerável não adepto de algumas figuras políticas compor a chapa majoritária do seu grupo, que tem o advogado Teotônio Assunção como pré-candidato a prefeito.

Perguntado a Bandeira, se em uma eventual aliança com o Cidadania, Beto Meireles que foi apresentado como o nome do partido para disputar a prefeitura, seria um bom nome para vice dos pedetistas, o presidente da CMG foi taxativo e irônico ao mesmo tempo, e disse: “Não tem um nomezinho melhor, não? ” 

Marcelo mencionou os nomes dos ex-vice-prefeitos Josa da Padaria e Aluísio Paredes, por exemplo, como bons nomes para vice de Assunção. E rechaçou o trio formado pelo vereador Renato Meireles, ex-vereador Beto Meireles e o secretário de Estado Célio Alves; com quem MB não se bate e demonstra ter Meireles e Alves muito além de meros adversários políticos.

"Eu faço parte do grupo, a minha opinião eu vou dar, agora se vai ser atendida ou não já são outros quinhentos. (...) Sou a favor de qualquer composição que venha para somar, agora dizendo isso não quer dizer que eu seja a favor de certos componentes, não.", destacou Bandeira.

Estas e outras declarações do presidente da Câmara de Guarabira, Marcelo Bandeira, foram repercutidas durante entrevista do mesmo, concedida ao jornalístico Em Cima da Hora, Em Cima da Notícia, apresentado por Edcarlo Monteiro e Rodrigo Sousa, na Rádio Cultura FM.

@RedaçãoPlugados

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário