Polícia prende homem e apreende adolescente suspeitos de homicídios em Pocinhos, PB, menos de 24 horas após o crime

Em ação conjunta, as Polícias Civil e Militar da Paraíba prenderam um homem e apreenderam um adolescente, que confessaram participação em dois homicídios ocorridos na cidade de Pocinhos (PB), em menos de 24 horas.
 
A ação aconteceu na noite da sexta-feira (22) e nas primeiras horas deste sábado (23) e teve a participação de policiais do Grupo Tático Especial da 12ª Delegacia Seccional de Polícia Civil (DSPC) em Esperança e do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Esperança.
 
Segundo o delegado Cristiano Santana, a primeira prisão realizada foi a de um homem  de 27  anos de idade, da cidade de Pocinhos. “Ele é autor confesso do bárbaro homicídio que vitimou o menor J.V., de 15 anos, também natural de Pocinhos. Conforme detalhado pelo próprio autor do crime, ele e a vítima saíram para caçar na tarde de quarta-feira (21), em uma área mais afastada da cidade de Pocinhos”, relatou.
 
Ainda segundo o delegado, em determinado momento houve um desentendimento entre o menor e o autuado. “Ele empurrou o menor, que caiu ao chão, e em seguida, arremessou uma pedra contra a sua cabeça. Após o crime, ele fugiu do local, deixando o corpo da vítima nas proximidades do lixão da cidade, tendo o corpo somente sido encontrado na tarde de ontem. O preso foi autuado por homicídio qualificado”, completou.
 
Na segunda ação da polícia houve a apreensão de um adolescente, também de Pocinhos, suspeito de ter praticado um outro homicídio. “Nossas equipes continuaram as diligências, que culminaram com a apreensão em flagrante de um menor, pocinhense, de 16 anos, ocorrida na madrugada deste sábado (23). Ele é autor confesso do homicídio que vitimou o deficiente auditivo, Joefson de Oliveira, de 23 anos, também natural de Pocinhos”, disse o delegado.
 
Esse crime também chamou bastante atenção e chocou a população da cidade. “O menor desferiu vários golpes de faca no corpo da vítima, inclusive na região da cabeça, tendo o óbito corrido quase que de imediato, em razão da gravidade das lesões. O crime ocorreu na noite da sexta-feira (22), nas proximidades da Cagepa, em Pocinhos”, concluiu. (*) Secom-Pb

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário