Marcus Diogo cumpre recomendação do MPPB e comércio de Guarabira volta a ser fechado

Procon-PB esteve, coincidentemente, na cidade um dia após recomendação da Promotoria. Gestor ver politicagem. 
O prefeito Marcus Diogo fala sobre recomendação do MP e visita do Procon sobre fechamento do comércio. Foto: reprodução / Live / Constelação FM / Facebook. 
O prefeito em exercício Marcus Diogo anunciou no começo tarde desta terça-feira (5) durante entrevista concedida ao programa Jornal do Meio Dia da Rádio Constelação FM, o retorno do fechamento do comércio não essencial da cidade. O gestor cumpre recomendação do MPPB através da promotora de Justiça, Edvane Saraiva, que pediu no dia de ontem (4) a revogação do decreto 77/2020, no tocante a suspensão das atividades comerciais por um período de 15 dias. 

Por outro lado, o prefeito estranhou que, coincidentemente, uma equipe do Procon estadual tenha aparecido de forma surpresa na cidade nesta terça, com a determinação de fechar os estabelecimentos comerciais não essenciais, se baseando no decreto do governador. E na oportunidade, fiscalizar a possível prática de preços abusivos no comércio guarabirense; ação importante, mas que estava ausente da cidade há bastante tempo.

O prefeito Marcus Diogo se solidarizou com os comerciantes, mas disse que teria de cumprir as recomendações do MP. E destacou que ver politicagem com a chegada surpreendente do Procon do governo do estado. "Eu estava me preparando para atender as recomendações do ministério público, mas fui surpreendido com a ação do Procon nesta terça-feira", disse

Marcus salientou que o comércio estava gradualmente abrindo as suas portas, dando um alivio aos lojistas, porém não sabe quem realmente articulou o fechamento agora. "Aqui temos representantes do governo do estado e são a eles a quem vocês (imprensa) devem perguntar. Eu me solidarizo com os comerciantes, e quero dizer a eles que neste momento, até para não serem multados acatem as decisões e vamos juntos buscar uma solução. Eu espero e ficaria muito feliz que junto com essa ação do Procon fechando o comércio o governo também venha com ações para salvaguardar, para apoiar o comércio guarabirense", destacou.

O presidente da ACEG (Associação Comercial e Empresarial de Guarabira), Gilson Cândido, ligou para o programa, se mostrou solidário com os lojistas e deixou o setor jurídico da entidade a disposição dos mesmos.

Em seguida foi a vez da deputada estadual Camila Toscano participar, quando parabenizou Marcus Diogo pela postura de, segundo ela, não querer medir quem tem mais poder de caneta e acatar as decisões. E repudiou quem estar querendo 'tocar terror' na cidade, com o coronavirus, na tentativa de querer inviabilizar a gestão municipal.

Ainda segundo MD, a partir de agora, quanto a pandemia do coronovarus, o município passa a seguir o decreto editado pelo governo do estado. E voltou a pedir aos seus munícipes que se cuidem, higienizem as mãos com álcool em gel ou agua e sabão, usem máscaras, mantenham o distanciamento social e só saiam de casa por extrema necessidade.




Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário