Guarabira: Prefeitura repudia vazamento de lista com nomes de pessoas com covid-19 e leva caso à Policia Civil

A sede da PMG. Foto: Divulgação. 
Uma suposta lista contendo os nomes dos pacientes guarabirenses infectados pelo novo coronavirus (Covid-19) vazou nas redes sociais desde esta segunda-feira (11) e deixou muitas pessoas aflitas na cidade. A Prefeitura de Guarabira através da Secretaria de Saúde emitiu uma nota de esclarecimento nesta terça-feira, onde repudia a ação, dita, como criminosa, se solidariza com as pessoas que tiveram os nomes expostos e afirma que levou o caso à Delegacia de Polícia Civil, de onde registrou um Boletim de Ocorrência. E ainda denuciou ao MPPB (Ministério Público Estadual) e abriu processo de Sindicância..

“ (…) externamos o nosso repúdio ao fato ocorrido, haja vista que prezamos pelo sigilo das informações que envolvem pessoas infectadas pela Covid-19, de modo que discordamos veementemente de tal ato e nos solidarizamos com todos os citados, vítimas dessa ação criminosa. ”, diz trecho da nota

Em outra parte a nota informa que, além da Secretaria de Saúde, apenas o comando do 4º Batalhão de Polícia Militar tinha conhecimento da tocante listagem, para auxiliar a PM no no trabalho de monitoramento das pessoas infectadas.

Veja a íntegra da nota, a qual vai assinada pelo prefeito em exercício Marcus Diogo  e pela secretária de Saúde Fernanda Macedo.



Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário