Ministério Público pede prisão e bloqueio de bens de Ricardo e outros suspeitos na Calvário

Levantamento do Gaeco indica suposto desvio de R$ 134,2 milhões dos cofres públicos em oito anos. 

A sede do MPPB, em João Pessoa. Foto: Reprodução. 
O Ministério Público da Paraíba (MPPB) protocolou nesta semana ação que pede a volta do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e mais 17 pessoas para a prisão e ainda o bloqueio de bens de 30 denunciados na sétima fase da operação Calvário. Os pedidos assinados por promotores do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) foram feitos com a justificativa de manter a ordem pública e garantir o ressarcimento do Estado pelos recursos desviados.

O pedido de novo mandato de prisão contra os 19 suspeitos tem como justificativa as alegações de que os acusados têm condições de influir para atrapalhar as investigações. O exemplo citado é o do ex-governador Ricardo Coutinho, gravado em conversa com o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB). No diálogo, o ex-governador teria manifestado a intenção de retaliar o trabalho do delegado Allan Murillo Terruel por investigações contra a prefeita do Conde, Márcia Lucena (PSB).

A conversa seria o indicativo de que o ex-governador ainda teria influência sobre a gestão, hoje comandada pelo governador João Azevêdo (sem partido). Os dois oficialmente romperam politicamente em dezembro do ano passado. A conversa teria ocorrido em outubro.

Confira os alvos dos pedidos de mandados de prisão:
1. RICARDO VIEIRA COUTINHO
2. ESTELIZABEL BEZERRA DE SOUZA
3. MÁRCIA DE FIGUEIREDO LUCENA LIRA
4. WALDSON DIAS DE SOUZA
5. GILBERTO CARNEIRO DA GAMA
6. CLÁUDIA LUCIANA DE SOUSA MASCENA VERAS
7. CORIOLANO COUTINHO
8. BRUNO MIGUEL TEIXEIRA DE AVELAR PEREIRA CALDAS
9. JOSÉ ARTHUR VIANA TEIXEIRA
10. BENNY PEREIRA DE LIMA
11. BRENO DORNELLES PAHIM NETO
12. FRANCISCO DAS CHAGAS FERREIRA
13. DENISE KRUMMENAUER PAHIM
14. DAVID CLEMENTE MONTEIRO CORREIA
15. MÁRCIO NOGUEIRA VIGNOLI
16. VALDEMAR ÁBILA
17. VLADIMIR DOS SANTOS NEIVA
18. HILARIO ANANIAS QUEIROZ NOGUEIRA

Bloqueio de bens
A ação protocolada pelo Ministério Público, com base nas investigações do Gaeco, pede o bloqueio de todos os bens de 30 dos 35 suspeitos de integrar a suposta organização criminosa. O bloqueio, de acordo com a peça, seria para garantir o ressarcimento dos prejuízos causados ao governo do Estado com o suposto desvio de recursos. O impacto total teria de R$ 134,2 milhões.
Reprodução
Só da Cruz Vermelha Brasileira, os pagamentos teriam chegado a R$ 60 milhões em oito anos. Os pagamentos de propinas feitos por empresas responsáveis pelo fornecimento de material escolar girariam em torno de R$ 57 milhões.

Confira abaixo a relação dos alvos do pedido de bloqueio de bens:
1. RICARDO VIEIRA COUTINHO
2. ESTELIZABEL BEZERRA DE SOUZA
3. MARIA APARECIDA RAMOS DE MENESES (CIDA RAMOS)
4. MÁRCIA DE FIGUEIREDO LUCENA LIRA;
5. WALDSON DIAS DE SOUZA;
6. FRANCISCO DAS CHAGAS FERREIRA;
7. GILBERTO CARNEIRO DA GAMA;
8. CORIOLANO COUTINHO;
9. JOSÉ EDVALDO ROSAS;
10. CLÁUDIA LUCIANA DE SOUSA MASCENA VERAS;
11. ARACILBA ALVES DA ROCHA;
12. NEY ROBINSON SUASSUNA;
13. GEO LUIZ DE SOUZA FONTES;
14. BRUNO MIGUEL TEIXEIRA DE AVELAR PEREIRA CALDAS;
15. CASSIANO PASCOAL PEREIRA NETO;
16. JOSÉ ARTHUR VIANA TEIXEIRA;
17. JAIR ÉDER ARAÚJO PESSOA JÚNIOR;
18. BENNY PEREIRA DE LIMA;
19. BRENO DORNELLES PAHIM FILHO;
20. BRENO DORNELLES PAHIM NETO;
21. DENISE KRUMMENAUER PAHIM;
22. SAULO PEREIRA FERNANDES;
23. KEYDISON SAMUEL DE SOUSA SANTIAGO;
24. MAURÍCIO ROCHA NEVES;
25. DAVID CLEMENTE MONTEIRO CORREIA;
26. VLADIMIR DOS SANTOS NEIVA;
27. VALDEMAR ÁBILA;
28. MÁRCIO NOGUEIRA VIGNOLI;
29. HILÁRIO ANANIAS QUEIROZ NOGUEIRA;
30. JARDEL DA SILVA ADERIC

Créditos: Blog do Sueroni
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário