Camila Toscano é selecionada entre mais de 7 mil inscritos para integrar Rede de Ação Política pela Sustentabilidade

LIDERANÇA - A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) agora integra a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS). Ela foi selecionada entre 7.030 inscrições para fazer parte dessa organização que tem por objetivo contribuir para a melhoria da qualidade da democracia brasileira, reunindo lideranças comprometidas com a ética, transparência e sustentabilidade.

A organização contou com 7.030 inscrições para a seleção de líderes para 2020, o triplo de interessados em relação a 2018. No total, apenas 99 lideranças de 21 partidos políticos e 25 unidades da federação foram selecionados, entre eles o também paraibano, deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB).

Para integrar a RAPS é preciso, entre outros critérios, ser uma pessoa engajada politicamente e interessada em participar da política institucional; ser comprometido com princípios da ética, integridade, democracia, transparência e sustentabilidade; assumir o compromisso de contribuir para o aperfeiçoamento do processo político e da qualidade da democracia brasileira; ausência de impedimentos legais gerais, de condenações por crimes ambientais, de condenações por crimes contra a economia popular e por crimes contra a Administração Pública; ausência de quaisquer condições indicativas de inelegibilidade prevista na Lei da Ficha Limpa.

RAPS – A RAPS tem como propósito a capacitação e construção de saberes de líderes políticos, independente do estágio em que se encontram na vida pública e no processo eleitoral. Além da capacitação e formação oferecidas por especialistas em temas diversos, também oferece aos membros ideias, conexões e redes.

Perfil – A deputada Camila Toscano foi eleita deputada estadual pela primeira vez em 2014, sendo em 2018, reeleita para a sua segunda legislatura. Natural de João Pessoa, com raízes familiares em Guarabira, no brejo paraibano, Camila é advogada e cresceu no meio da política acompanhando a atuação dos pais: a ex-deputada Léa Toscano e o ex-deputado Zenóbio Toscano, atual prefeito de Guarabira. Atualmente, ela é vice-presidente do PSDB Estadual e preside da Comissão dos Direitos da Mulher. Nacionalmente, faz parte do grupo de estudo da Unale que vem formulando políticas públicas para combater a violência contra a mulher.


Assessoria 
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário