Vapor de água é detectado em exoplaneta potencialmente habitável

Imagem artística de exoplaneta extremamente quente. Flickr.com / NASA / Blueshift. 
Localizado há 110 anos-luz da Terra, ele é o único planeta fora do Sistema Solar a possuir uma temperatura ideal para suportar água líquida.

Pesquisadores detectaram pela primeira vez vapor de água na atmosfera de um planeta rochoso que se encontra fora do Sistema Solar, segundo a revista Nature Astronomy.

O exoplaneta é chamado de K2-18b e tem o dobro do tamanho da Terra, possuindo oito vezes sua massa. Desta forma, ele se tornou um planeta promissor para abrigar vida futuramente.

"Trata-se da primeira detecção de vapor de água na atmosfera de um planeta que não seja um gigante gasoso", afirmou Angelos Tsiaras, autor do estudo e pesquisador da University College de Londres.

O exoplaneta foi encontrado em 2015 e, por suas características, os especialistas consideravam que era possível encontrar água.

"É o único planeta fora do Sistema Solar que possui a temperatura adequada para suportar água líquida, que possui atmosfera e que, efetivamente, possui vapor de água", explicou o especialista.

Além disso, pesquisadores observam que o K2-18b recebe tanta radiação de sua estrela quanto a Terra recebe do Sol, por isso acreditam que seja muito provável que também tenha água em sua superfície.

Entretanto, ele está muito próximo de sua estrela, levando apenas 33 dias para completar uma volta em torno dela, enquanto que o nosso planeta demora 365.

De acordo com a revista, "a água é um rastreador da origem e dos mecanismos de evolução dos planetas", já que "a presença de água é de grande importância como indicador das condições habitáveis".

Com isso, o "K2-18b oferece uma oportunidade sem precedentes para obter uma ideia da composição e clima dos planetas com zonas habitáveis"

Sputnik
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário