R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida; previsão é que sejam gerados 40 mil empregos

HABITAÇÃOO Programa Minha Casa, Minha Vida acaba de ganhar um novo impulso com o aporte de R$ 1 bilhão possibilitando a retomada de obras paralisadas, a autorização de 17 mil unidades habitacionais contratadas em 2018 e, ainda, a contratação de 36 mil novas moradias urbanas e rurais. 

As obras vão gerar 40 mil empregos e renda e a ajudar a aquecer a economia no país. “R$ 1 milhão investidos no programa equivalem a 40 empregos gerados”, explicou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Desde o início do ano, em todo o País, mais de 150 mil unidades habitacionais foram contratadas nas faixas 1,5; 2 e 3 do Programa. No mesmo período, foram entregues 230 mil residências em todos os estados e no Distrito Federal.

Foram liberados, no primeiro semestre, mais de R$ 2,5 bilhões para a continuidade das obras do MCMV. Deste total, mais de R$ 2 bilhões foram destinados ao atendimento da Faixa 1, destinada a famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. * Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

Governo Brasil

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário