Projeto do executivo que cria novos cargos para inserção de vagas em novo concurso é aprovado pela CMG

O PL agora segue para segunda votação na sessão desta quinta-feira (21), com previsão de que seja dispensada a terceira. 
Vista da Praça Novo Milênio em Guarabira (Foto: Divulgação). 
GUARABIRA - Após cerca de vinte dias tramitando na Câmara Municipal de Guarabira, foi aprovado em primeira votação, na sessão dessa terça-feira (19), o projeto de lei do executivo municipal guarabirense, que cria novos cargos com vagas relacionadas ao próximo concurso público, inclusive direcionados a profissionais especialistas em atenderem pessoas com autismo no município.

Questionado por alguns vereadores, o projeto sofreu pedido de vistas de Renato Meireles (PSB), Michelle Paulino (MDB) e Saulo Fernandes (MDB). Em audiência pública sobre o assunto realizada na última quinta-feira (14), foi dado sinais de aprovação da matéria, o que se concretizou nesta terça.

Votaram a favor do PL, os vereadores situacionistas Renato Toscano (PSDB), Neide de Teotôno (PPS), Marcos de Enoque (PSDB), Elias Asfora (PSDB), Jáder Filho (s/p), Júnior Ferreira (PSDB), Tiago do Mutirão (PSDB) e Leonardo Macena (PPS). Pela oposição aprovaram o projeto, os vereadores Michel do Empenho (PRB) e Wilsinho (PR).

Os vereadores oposicionistas Michelle Paulino (MDB) e Saulo Fernandes (MDB) se abstiveram de votar. Já os também de oposição Renato Meireles (PSB) e Zé Ismai (PHS) estiveram ausentes da sessão. Meireles estava na cidade de Cuité-PB acompanhando a esposa durante o sepultamento da vó dela. Ismai foi à João Pessoa, pois segundo o mesmo, tinha um exame marcado para tal data em uma clinica da capital.

O PL agora segue para segunda votação na sessão desta quinta-feira (21), com  previsão de que seja dispensada a terceira. Após a matéria aprovada, a prefeitura assinará contrato com a responsável pelo concurso público, para que em seguida seja marcado a data do pleito e se divulgue o edital.

@RedaçãoPlugados

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário