Julian Lemos diz que apesar do uso da máquina estatal, estratégia eleitoral de Ricardo foi derrotada

O deputado federal eleito, Julian Lemos (PSL), comentou sobre a postura do governador Ricardo Coutinho (PSB) durante o segundo turno das eleições e ressaltou que o governador se comportou como um militante político e não como chefe de estado.

Lemos destacou os abusos praticados por Ricardo no período eleitoral, com o suposto uso da máquina para descontruir a imagem de Jair Bolsonaro. Segundo ele, a opressão a servidores, uso do jornal A União e até doutrinação nas escolas foi algo escandaloso.

“Apesar de todos os esforços do governador, de todo terrorismo e mentira praticada contra Bolsonaro, que foram de perseguição a servidores até doutrinação nas escolas, a estratégia eleitoral de Ricardo foi derrotada”, afirmou.

Equipe de transição
O deputado federal eleito disse que vai indicar mais dois paraibanos para equipe de transição do governo. Ele preferiu não adiantar os nomes, que estão em análise pelo Agência Brasileira de Inteligência (Abin), mas adiantou que trata-se de um advogado e um economista.

Candidatura em Cadedelo
Lemos destacou que o PSL tem bons nomes para a disputa, mas ainda avalia o cenário. Ele disse que até amanhã (6), o partido deve anunciar o posicionamento em relação às eleições na cidade portuária. As declarações foram concedidas à Rádio Arapuan FM.

 https://blogdoandersonsoares.com.br/2018/11/05/julian-lemos-diz-que-apesar-do-uso-da-maquina-estatal-estrategia-eleitoral-de-ricardo-foi-derrotada/
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário