Aniversário das Divas de Guarabira é marcado pela emoção do ingresso de 11 integrantes e pela saudade de Edneuma Nóbrega

Logo na entrada da Vila Gourmet, em Guarabira, o chamamento para uma das responsabilidades sociais das Divas de Guarabira, o reforço para que as mulheres busquem se cuidar realizando exames, inclusive a mamografia sugerida durante todo o mês de outubro. 

Mas o salão foi trajado pelas cores azul e rosa, para também convocar os homens para o exame de próstata, campanha em plena atividade neste mês de novembro.
Esses foram os temas do segundo aniversário oficial das divas que aconteceu no sábado à noite, dia 17. E essas foram as cores dos vestidos das pioneiras e das novas divas. As pioneiras foram de azul e as recém chegadas de rosa.

A festa tinha glamour em cada detalhe. Na mesa do bolo decorado em dourado e azul, nos frios, nas taças com a sutileza de flores em tons harmoniosos com a cerimônia. Todas as mesas foram ocupadas, com um salão repleto de convidados.

A cerimônia foi conduzida pela jornalista da TV Cabo Branco, Sílvia Torres, que sempre acompanha as ações beneficentes das Divas de Guarabira. 

No princípio da cerimônia foram recordadas as atividades sociais desempenhadas em quase três anos de atuação do grupo em Guarabira.  Como a Campanha Natal Sem Fome, a revitalização do Albergue de Idosos e a intenção do aniversário que além de promover a confraternização da sociedade guarabirense, é destinado a ajudar o Hospital Napoleão Laureano que é referência no combate ao câncer. Em vez de presentes, os convidados levaram lençóis brancos que serão repassados ao hospital.

A diva Edneuma Nóbrega que morreu no início deste mês também foi lembrada. E essa saudade arrancou lágrimas das divas e de alguns convidados. Uma homenagem justa a quem tanto se dedicou às causas do grupo, sempre com empenho e simpatia. 

Depois foi a vez de convocar as divas novatas. Elas foram descendo, uma a uma, em destaque, sendo recebidas pelos acompanhantes denominados ‘divos’. Com as onze novas divas no salão, todo ritual de uma festa de debutantes foi seguido. Com valsa, brinde de champanhe, uma coreografia preparada para o público presente e a coroação feita pelas divas pioneiras.

O baile ficou por conta da banda The Clássicos, do Rio Grande do Norte, que selecionou um repertório especial dos anos 60.

Foi uma festa de muitas emoções. E que certamente será inesquecível para as Divas de Guarabira que agora somam 50.

A campanha de arrecadação de donativos para Hospital Napoleão Laureano permanece. Quem se interessar em ajudar é só buscar as divas nas redes sociais ou tratar com a diva Penha Pontes no telefone 98829-2464. 

A Campanha Natal Sem Fome está em pleno vapor, com arrecadação de alimentos não perecíveis para famílias carentes de Guarabira e de cidades vizinhas. Para doar, basta se dirigir ao posto de arrecadação, na sede do Ministério Público do Estado, ao lado da catedral do município.

Assis Nóbrega, coordenador estadual da Campanha Natal Sem Fome, acredita que esse apoio é fundamental para o bom andamento da ação. “Elas foram e sempre serão muito importantes, pela energia positiva, alegria e principalmente o amor ao próximo”. 

“Tenho a certeza de que juntos conseguiremos mobilizar muito mais gente para ajudar aos que precisam. Somos mais fortes. E nós divas contamos com o apoio não só de integrantes do grupo, mas de uma sociedade”, concluiu Girleny Fernandes, diva de Guarabira.

Penha Pontes, integrante do grupo e atuante em questões sociais na cidade tem a seguinte visão: “se olharmos para o outro, teremos a maior celebração de Natal que é a retomada da autoestima de quem já se sentia esquecido. E temos essa missão, de proporcionar sorrisos a essas pessoas”.

Assessoria / Sílvia Torres
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário