Header Ads


Tailândia inicia operação de resgate de meninos 'presos' em caverna inundada

As autoridades tailandesas confirmaram o início da operação de resgate dos 12 meninos e seu técnico de futebol que permanecem presos em uma caverna parcialmente inundada há duas semanas. Segundo os dados mais recentes, dois dos meninos já foram resgatados.

Eles [os dois meninos resgatados] tiveram que atravessar mais de quatro quilômetros para alcançar a saída. No momento, os dois estão no hospital de campo perto da caverna, de acordo com o jornal Khaosod, que cita as autoridades locais. Por enquanto não há confirmação oficial das informações.

Anteriormente, o chefe da equipe de resgate, Narongsak Osottanakorn, comunicou que a operação, que iniciou às 10h00, horário local (00h00, horário de Brasília), é realizada por 18 mergulhadores, entre eles 13 estrangeiros e cinco mergulhadores do grupo de operações especiais da Marinha tailandesa.

O chefe da operação afirmou que os meninos estão preparados física e mentalmente para a operação e acrescentou que seus parentes foram avisados e deram sua permissão.

Os rapazes, a quem a equipe de resgate deu algumas aulas de natação e mergulho quando estavam na caverna, deverão sair um por um, cada qual acompanhado por dois mergulhadores profissionais.  Segundo as previsões, a evacuação poderá se prolongar até às 21h00 (11h00, horário de Brasília).

Nos últimos dias, os mergulhadores levaram cerca de seis horas para atravessar as passagens inundadas da rede de cavernas até chegarem à gruta onde permanecem 12 meninos e seu técnico, e mais cinco horas para regressar.

O fundador da SpaceX e Tesla, Elon Musk, que já enviou seus especialistas à Tailândia para ajudarem os 12 rapazes e seu técnico, propôs recentemente criar um minissubmarino, construído com peças do foguete Falcon 9.

"O caminho principal é basicamente um pequeno submarino, do tamanho de uma criança, usando o tubo de transferência de oxigênio líquido do foguete Falcon como casco. Suficientemente leve para ser carregado por dois mergulhadores, suficientemente pequeno para atravessar os buracos estreitos e extremamente robusto", disse o empreendedor no Twitter.

Em 23 de junho, o grupo de adolescentes com idades entre 11 e 16 anos e seu técnico de 25 anos desapareceram após terem entrado na popular rede de cavernas Tham Luang. Devido a chuvas fortes, a água começou a se acumular rapidamente na caverna, obrigando o grupo a avançar cada vez mais na gruta até ficar bloqueado a 4 quilômetros da entrada.

Após quase dez dias de buscas, os menores e seu técnico foram encontrados vivos, mas exaustos. 

O complexo de cavernas Tham Luang, situado no norte da Tailândia, estende-se por vários quilômetros e costuma ficar inundado na temporada de chuvas, que se prolonga de junho a outubro.

Sputnik Brasil

Nenhum comentário