Ministro do STF rejeita novo recurso que pedia liberdade de Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento a um novo recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que buscava a liberdade do petista, preso há pouco mais de um mês para cumprir pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP).

O recurso, cuja análise tinha sido determinada para ser feita pelo STF no mês passado pelo vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, havia sido autuado nesta quinta-feira. O pedido fora distribuído a Fachin.

O novo procedimento --um recurso em habeas corpus preventivo-- contestava a decisão da 5ª Turma do STJ que em março rejeitou garantir o salvo conduto ao petista.

Nesta quinta, a 2ª Turma do STF concluiu um julgamento virtual de outro recurso para colocar Lula em liberdade, rejeitando o mesmo por unanimidade. Nesse tipo de julgamento, os ministros votam remotamente. (Reportagem de Ricardo Brito)

Reuters
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário