OAB Guarabira se reúne com gerente da Cagepa e cobra explicação sobre qualidade da água

Preocupada com as constantes reclamações dos moradores das cidades de Guarabira, Araçagi, Pilõezinhos e Cuitegi em relação à qualidade da ág...

Preocupada com as constantes reclamações dos moradores das cidades de Guarabira, Araçagi, Pilõezinhos e Cuitegi em relação à qualidade da água que está sendo distribuída pela Cagepa nesses municípios, a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Guarabira, em conjunto com a Câmara de Vereadores de Guarabira, representantes da imprensa e de moradores do bairro do Nordeste, se reuniram na manhã desta terça-feira (24) com o gerente regional da Cagepa no Brejo para cobrar uma solução para o problema.

Encontro ocorreu na Gerência Regional da Cagepa, em Guarabira.
(Foto: Reprodução / Portal25Horas). 
De acordo com o presidente da OAB-Guarabira, Teotônio Assunção, “a água está sendo distribuída com coloração fora dos padrões de potabilidade exigidos e o temor da população é que o consumo dessa água possa causar problemas saúde”, disse.

Presidente da Câmara, Josineide de Farias falou que tem sido procurada com frequência por moradores cobrando uma posição dos parlamentares. “Como todos sabem, a Câmara é uma caixa de ressonância da sociedade e só estamos aqui para saber o que está sendo feito para melhorar a qualidade da água. Eu costumo sempre falar com provas e não seria honesto de minha parte fazer críticas sem conhecer a situação”, argumentou Neide.

Depois de ouvir as ponderações dos presentes na reunião, o gerente regional da Cagepa, engenheiro Edson Almeida, justificou que o aspecto de coloração da água está sofrendo influência de reações de produto químico utilizado na desinfecção da água e que medidas estão sendo adotadas para sanar o problema.

“Nós identificamos o problema a partir de coletas feitas e verificou-se que está havendo uma reação físico-química. Várias ações estão sendo tomadas de primeira ordem como a limpeza das estações de tratamento de Cuitegi e de Araçagi, descargas em todo o sistema adutor, visando fazer a limpeza e desinfecção das tubulações, limpeza dos reservatórios, de modo que a gente resolva esse efeito na coloração”, disse.

O gerente ainda assegurou que, mesmo com coloração diferente, a água é potável ao consumo humano e não apresenta riscos à saúde da população, afirmando que o tratamento segue normas estabelecidas por portaria do Ministério da Saúde.

Com audiência agendada para o horário que coincidiu com a reunião, Teotônio precisou se ausentar e se fez representar pelo presidente da Comissão de Direitos do Consumidor da OAB-Guarabira, Leomar Costa, que disse que a reunião foi proveitosa e se mostrou confiante na melhoria da qualidade da água.

“Não convenceu num primeiro momento, mas cabe a gente acreditar na palavra, e ele me pareceu ser uma pessoa com força de vontade para trabalhar e prestar um serviço à população e da região. Nessa primeira visita coube á OAB e aos vereadores, obter informações para saber o que de fato está acontecendo, as explicações foram boas e acredito que dentro de 20 ou 30 dias vai estar minimizado ou resolvido o problema”, disse Leomar.

No encontro ainda estavam presentes o vereador Marcos de Enoque, o presidente da associação de moradores do bairro do Nordeste, o senhor Lindomar, os radialistas Zé Roberto e Patrícia Souza e o engenheiro Adário Nóbrega, que atua nas subgerências de manutenção e operação da Cagepa.


Do Portal25Horas
Com Assessoria

LEIA TAMBÉM

CIDADES 6767456134638641958

Postar um comentário

emo-but-icon

PLUGADOS TV

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item