Camila: o servidor efetivo está sem reajuste e precisa implorar para ser recebido pelo governador

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) saiu, nesta terça-feira (10), durante sessão da Assembleia Legislativa, em defesa dos técnicos administrativos do Governo do Estado, servidores concursados que não recebem reajuste desde 2016. A parlamentar lamentou que o gestor estadual não receba a categoria e que os trabalhadores precisem protestar para ter direito a uma garantia que é o reajuste salarial. “O servidor está sem reajuste e precisa implorar para ser recebido pelo governador. Só temos a lamentar”, destacou.

“O maior bem que uma gestão tem são seus servidores públicos efetivos. Eles entraram por concurso e possuem a independência que não agrada o governador. Ele só valoriza aqueles que o seguem. Nem a reposição da inflação esses trabalhadores tiveram em seus vencimentos”, disse.

Ao longo de sete anos, os servidores públicos estaduais já amargaram 0% de reajuste em 2011; 1% em 2015; 0% em 2016, 0% 2017 e não há previsão de reajuste para este ano.

“A Paraíba pede mudança e essa mudança virá. Mas enquanto ela não chega, precisamos lutar e lutar bravamente para que sejamos ouvidos e não tenhamos os nossos direitos não respeitados”, afirmou.

Os salários dos servidores paraibanos estão congelados desde 2016, quando foi editada a Medida Provisória 242 pelo governador. A justificativa para a suspensão da data-base foi a queda na arrecadação por causa da crise econômica.


Assessoria de Imprensa
Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário