Mais dois juízes votam pela condenação do governador RC por conduta vedada na AIJE dos Servidores

Placar está 4 a 0 em desfavor de Coutinho. 


Mais dois votos no Tribunal Regional Eleitoral, dados na sessão desta tarde (quinta, dia 15) foram pela condenação do governador Ricardo Coutinho, dentro da AIJE dos Servidores, por conduta vedada nas eleições de 2014. Votaram nesta sessão os juízes Paulo Wanderley Câmara e Sérgio Murilo Wanderley Nóbrega (Justiça Federal).

O placar do julgamento agora está em quatro votos a zero pela condenação do governador, com os votos já computados do desembargador Romero Marcelo (relator), a juíza Michelini Jatobá e os magistrados Paulo Câmara e Sérgio Murilo. Além de conduta vedada, os magistrados votaram pela aplicação de multa de R$ 30 mil.

Após os dois votos, o juiz Breno Wanderley pediu vistas, e terá as próximas duas sessões para apresentar seu voto. Além de Breno, resta ainda o voto do juiz Antônio Carneiro de Paiva. AIJE dos Servidores pede a cassação do mandato do governador Ricardo Coutinho, por conta de contratações e demissões no microperíodo eleitoral de 2014, quando disputou a reeleição.

Outra AIJE, a do Empreender ainda aguarda pauta para julgamento.


Blog do Helder Moura

Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário