Apenas 15% dos cargos eletivos da Paraíba são ocupados por mulheres, aponta Camila

8 DE MARÇO -  Na Paraíba, apenas 15% dos 2.560 cargos eletivos são ocupados por mulheres, o que corresponde a 371 postos. A cada 10 deput...

8 DE MARÇONa Paraíba, apenas 15% dos 2.560 cargos eletivos são ocupados por mulheres, o que corresponde a 371 postos. A cada 10 deputados estaduais, apenas um é do sexo feminino (11,4% do total). Entre os parlamentares municipais, esse percentual é um pouco melhor: há sete vereadores para uma vereadora. No Congresso, a bancada feminina tem 51 deputadas (9,94% das 513 cadeiras) e 13 senadoras (16% das 81 vagas).

“No Dia Internacional da Mulher temos que fazer essa análise sobre a participação feminina na política. Somos mais da metade dos eleitores brasileiros e ainda ocupamos tão pouco espaço no que se refere a ocupação de cargos eletivos. A Lei 9.504/1997 prevê uma participação mínima de 30% de candidatas, mas o que percebemos é que em muitos casos, as mulheres são registradas para cumprir esse percentual e a prova disso é que uma em cada oito candidatas não receberam votos nas ultimas eleições”, disse a deputada estadual Camila Toscano (PSDB). Ela defende políticas públicas e mais incentivo para que as mulheres passem a disputar e ocupar cargos eletivos.

Nas eleições municipais de 2016 tivemos 641 mulheres eleitas ao cargo de prefeita, o que representa 11,57% do total. Foram eleitos 4.898 prefeitos, total de 88,43%. O número apresentou queda em relação ao pleito de 2012 - quando elas somavam 659 prefeitas eleitas - o que correspondeu a 11,84% do total.

A parlamentar tucana destacou que o nível de participação de mulheres no poder é um indicador confiável do grau de amadurecimento da democracia, pois quanto mais postos o sexo feminino conquista mais igualitário tende a ser aquela localidade. “A mulher acaba tendo uma série de outras atribuições e fazer política demanda tempo, esforço e ainda temos que nos deparar com o machismo da sociedade. Tem muito homem que ainda tem a visão de que algumas áreas não são para nós mulheres e política é uma delas”, destacou.

Ranking - Segundo dados da Inter-Parliamentary Union, o Brasil ocupa o 154º lugar entre 193 países do ranking de participação feminina no parlamento, à frente apenas de alguns países árabes, do Oriente Médio e de ilhas polinésias. Destacam-se como exemplos tanto sociedades igualitárias entre os sexos os países nórdicos (Islândia, Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca).

Assessoria 

LEIA TAMBÉM

POLITICA 7245068025361234568

Postar um comentário

emo-but-icon

PLUGADOS TV

Em CARTAZ nos CINEMAS!

Curta nossa FanPage

PLUGADOS NO TWITTER

Mais Lidas

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

item