Rapidinhas do PLUGADOS - um toque semanal


Acompanhe, semanalmente, as 'Rapidinhas do PLUGADOS'; breves toques do editorial, relacionados ao cotidiano e/ou aos assuntos que viraram manchetes durante o decorrer da semana. 

PINO FOI FEITO PRA SER BATIDO – O ex-deputado cajazeirense Vituriano Abreu (MDB) dormiu dizendo que votaria no prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) para governo do Estado, e acordou apoiando o colega de partido, o senador José Maranhão. Abreu declarou a imprensa cajazeirense, na terça-feira, 16, que rejeitaria a candidatura de Maranhão, após participar de reunião do PMDB pessoense, liderado pelo vice-prefeito da Capital, o emedebista Manoel Júnior. Porém, após estrondosa repercussão na imprensa estadual, o ex-deputado emitiu uma nota no outro dia, e desdisse tudo. Chamou matérias de ‘mentirosas’, e que, apoia, incondicionalmente, a postulação do senador José Maranhão ao Governo do Estado. 


RANIERY E 'AS BANDEIRAS’ DE MARCELO – Nos últimos dias se ver o vereador Marcelo Bandeira (PSD) bem afinado e dando ‘muita bandeira’ para o deputado Raniery Paulino (MDB). Marcelo, mostrando independência, já declarou que vai votar no advogado Bruno Deriu para deputado federal; contrariando o nome apresentado pela cúpula do girassol guarabirense, que fechou com o atual presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Gervásio Maia Filho (PSB). E, dar sinais, o vereador, de parecer não seguir o projeto de pré-candidatura a deputado estadual do time alarajado de Guarabira. 


OPOSIÇÃO ESTADUNIDENSE, A LOA E O EXEMPLO PILÕEZINHENSE – Quem diria, a oposição ao presidente dos EUA, Donald Trump – seguindo o exemplo dos oposicionistas a prefeita Mônica, da pequena cidade paraibana de Pilõezinhos. O que têm em comum, a grande potencia mundial e o minúsculo acolhedor município paraibano? A LOA – Lei Orçamentária Anual. Como a terra do padroeiro São Sebastião, a terra do Tio Sam também pode parar; mas o apagão na máquina pública americana já começou. O impasse é o mesmo, a oposição quer acordos orçamentários, como aceitação total das emendas. Desse jeito, nem águia e nem pavão misterioso voam! 


AFRONTA AO FRONT – A novela do Frontstage na Festa da Luz acabou! A pendenga entre setor da oposição ao prefeito Zenóbio Toscano e a organização da festa chegou até ao Ministério Público. Os vereadores que desaprovam o referido serviço pago nas festividades, são Renato Meireles, Michel do Empenho e Wilsinho; que após ouvir do promotor Abraão Falcão ser o front legal, devido o dinheiro arrecadado servir para diminuir gasto com a festa – pegaram os seus banquinhos e saíram de fininho.



Compartilhe no Google Plus
    Faça seu comentario pelo Gmail
    Faça seu comentario pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário